Emissoras

Para evitar referências ao PT, Record proíbe uso de figurinos vermelhos em elenco

Quando você sintonizar na Record mas não conseguir ver nada de cor vermelha na programação pode ficar tranquilo pois o problema não é em sua TV. De acordo com o colunista Daniel Castro, a informação é que esta cor está proibida em qualquer figurino de um artista da casa. Tudo aconteceu desde o rompimento do PRB, partido gerido por líderes da Igreja Universal, com o PT.

Já que a igreja também é proprietária do canal, vetou-se o uso de qualquer tipo de roupa ou de algo na grade que possa dar referência ao partido que agora é atual disputa com o da Dilma Rousseff. Em plena crise política, a situação de quebra do acordo causou uma certa rixa entre ambos os partidos que agora vão brigar como inimigos número 1, diferentemente de antes.

Veja também:

Recomendação que partiu do próprio presidente da Record, Marcelo Silva, esta inclusive foi motivo de burburinho nos bastidores. Vários repórteres que foram trabalhar com roupas desta cor tiveram de trocá-las por alguma que dê a sugerir as cores do PSDB ou do movimento de apoio ao impeachment da presidente. O caso mais estridente e citado foi o de Domingo Meirelles, apresentador do “Repórter Record Investigação”, que teve de trocar uma gravata por conta da tal regra.

(Domingos Meireles comanda o "Repórter Record")

(Domingos Meireles comanda o “Repórter Record”)

Você também pode gostar