Emissoras, Globo, Noticia

Palmeiras e Globo devem chegar a um acordo esta semana, afirma jornalista

Finalmente, o impasse entre o Palmeiras e a TV Globo, que está batalhando desde o início do ano para ter os direitos de transmitir os jogos do alviverde no Campeonato Brasileiro 2019, deve chegar ao fim ainda esta semana.

Isso porque, segundo informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola, da ESPN Brasil, em seu canal do Youtube, as duas empresas estão muito próximas de fechar um acordo. A reunião ocorrida na última sexta-feira (17) foi determinante para que ambas as partes pudessem sinalizar uma possível negociação, restando apenas alguns detalhes a serem acertados, fato este que não deve atrapalhar o aval final.

Entretanto, de acordo com Nicola, um novo encontro deve ocorrer, no máximo, até quarta-feira (22), a fim de se resolver o que ainda está pendente. Porém, “dificilmente, esses pequenos detalhes vão impedir o acordo”.

Sendo assim, caso isso, de fato, se concretize, todos os jogos do Palmeiras poderão novamente ser visto na TV aberta e Pay-Per-View, a começar já no próximo sábado (25), dia em que o ‘Porco’ pegará o Botafogo em Brasília, com transmissão exclusiva do Premiere, já que na TV fechada o Esporte Interativo, através da TNT, assegurou os direitos de transmissão até 2024.

O último jogo do clube paulista na TV Globo se deu no dia 08 de maio, quando a emissora carioca exibiu para o estado de São Paulo e outras regiões a partida entre Palmeiras X San Lorenzo (Arg), válida pela sexta rodada da Libertadores da América.

No mais, só lembrando que nesta quarta-feira (22), às 19h15, o Palmeiras enfrentará a equipe do Sampaio Corrêa (MA) pelas oitavas de final da Copa do Brasil, duelo este que será exibido pelo SporTV (menos para o estado do Maranhão) e Premiere (todo o Brasil).

Vale também ressaltar que o Palmeiras é o único time da Série A do Campeonato Brasileiro que não chegou a um acordo com a Globo para ter seus jogos sendo veiculados na TV aberta e pay-per-view, ao contrário do que fez o Athletico Paranaense, que cedeu, através de seu presidente, Mário Celso Petraglia, considerado um dos maiores inimigos da emissora carioca, o direito a transmitir todas as partidas do clube no canal aberto, restando apenas o pay-per-view.

Exigências para o acordo

Veja também:

Ainda sob impasse com o Grupo Globo para as transmissões do Campeonato Brasileiro 2019, o Palmeiras fez uma nova exigência para a emissora dos Marinho a fim de se fechar um acordo e pôr um fim a essa “novela” que se estende desde o começo do ano.

De acordo com informações do site Notícias da TV, no último dia 06, o Verdão pediu para que, caso venha assinar com o Grupo, seu vínculo com o mesmo fosse encerrado no final de 2021. Sendo assim, o clube seria o único a ter um contrato mais curto em relação aos demais times, que ficarão com a Globo até 2024.

O objetivo do Palmeiras, no entanto, visa abrir novos caminhos para que outros acordos com novas plataformas possam surgir, e assim não deixar o time somente refém da emissora carioca, além do fato de também a duração do presidente Maurício Galiotte no cargo vir a ser até 2021.

Desta forma, “o gestor deixaria a responsabilidade de negociar um novo contrato com a Globo para seu sucessor(a)”, que, ao que tudo indica, será Leila Pereira, dona da Crefisa, que é a atual patrocinadora do Palmeiras e Jornal Nacional.

Fora isso, vale também ressaltar que o Palmeiras ainda está querendo perante a Globo que haja um certo número de jogos do ‘Porco’ sendo exibidos na TV aberta, e, pelo menos, receber uma quantia de Pay-Per-View que varia entre 15% e 16% em relação ao que Corinthians e Flamengo faturam (18,5%), algo que se torna impossível, já que a Globo garantiu ao Timão e ao Mengão, em contrato, que os dois “não vão receber menos do que qualquer rival”.

Jogos do Palmeiras no Brasileirão poderão voltar a ser exibidos na TV Globo e Premiere (Foto: Reprodução)

Jogos do Palmeiras no Brasileirão poderão voltar a ser exibidos na TV Globo e Premiere (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar