Celebridades

Operadoras de TVs se mostram contra empresa de Sílvio Santos e Edir Macedo

Já faz algum tempo de o  CADE (Conselho administrativo de defesa econômica) aprovou uma sociedade entre o bispo Edir Macedo e o apresentador Sílvio Santos. No entanto, enquanto o negócio não sai do papel, muitas empresas de TV por assinatura já se mostraram contra essa parceria, que provavelmente resultaria em um novo canal.

Embora não se saiba ao certo, como seria a programação desse canal, fala-se em um mix de programação da Record com o SBT. A Net, uma das maiores empresas de TV por assinatura do país, foi contra a parceria e ainda a classificou com um cartel. Em declaração enviada ao Cade, a operadora classificou a união de Sílvio e Edir como uma forma de impor a venda casada dos seus sinais.

Na prática, isso significa que se a empresa saísse do papel, o consumidor teria sua conta de TV aumentada e esse preço poderá variar entre 5 e 15 reais. Acontece, que, por conta da crise,  a TV paga está perdendo clientes. Então, um aumento desse tipo, poderia trazer sérias consequências. Mas até então, tudo continua como sempre esteve, apenas um projeto, que embora aprovado, ainda não tem data para sair do papel.

Edir Macedo e Sílvio Santos querem adentrar a TV paga
Edir Macedo e Sílvio Santos querem adentrar a TV paga