Noticia, Novelas, O Tempo Não Para

O Tempo Não Para: Samuca esconde documento de Dom Sabino temendo prejuízo na SamVita

Em O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) temerá perder os seus negócios de toda a vida para dom Sabino (Edson Celulari). Por isso, ele decidirá esconder os documentos que provam a posse de suas terras. A advogada do mocinho provará que a Samvita foi construída na terra do ex-congelado, que lutará para recuperar o que construiu no século 19.

Vanda (Lucy Ramos) deixará Samuca surpreso ao mostrar a pasta de documentos recuperada por Paulina (Carol Macedo) em que estão as escrituras do pai de Marocas (Juliana Paiva). “A estagiária me trouxe essa pasta ontem. Eu quis ter certeza antes de te falar qualquer coisa. O que importa pra nós é isso aqui… Uma escritura de posse de uma fazenda chamada Nossa Senhora do Ó”, mostrará a advogada. “É a fazenda dele. Onde a Marocas nasceu. Ela ainda existe?”, perguntará o mocinho. “Samuca, nós estamos sentados onde era a casa grande da fazenda. O prédio da Samvita foi construído no terreno que era do dom Sabino, onde ele morou a vida inteira”, dirá ela, para a surpresa do empresário.

“Se a tese do Emílio (João Baldasserini) estiver correta, essa área toda pode entrar em litígio. O dom Sabino pode requerer a posse”, explicará a advogada. “Eu gastei milhões pra construir esse prédio, ele é todo inteligente, autossustentável!”, dirá Samuca. “Mas as terras eram dele. Ou foram. Eu já nem sei mais. Só o que eu sei é que… Se o dom Sabino ganhar essa ação maluca do Emílio na Justiça, a posse desse prédio fica em suspenso, porque foi construído no terreno dele!”, afirmará Vanda. “O terreno é seu, você comprou, ele tem origem. Mas o direito dá margem a mais de uma interpretação. Agora a gente tem o laudêmio. Se o juiz deferir isso, você vai ter que pagar uma taxa, tipo imposto mensal pro dom Sabino e pra família dele”, continuará ela.

Veja também:

Samuca perceberá que terá um grande prejuízo se a Justiça determinar que ele deve pagar pelos 132 anos que dom Sabino ficou congelado. Com isso, o jovem esconderá tudo do futuro sogro. “Mas o juiz pode concordar com isso?”, questionará o empresário. “O laudêmio existe, é fato. Em Petrópolis, com a família real, em terrenos em frente ao mar, em construções que datam dos séculos 18 e 19. Não é uma incongruência jurídica”, argumentará a personagem de Lucy Ramos.

Carmen (Christiane Torloni) dirá que os documentos devem ser mantidos em sigilo. “A determinação do Samuca é que a gente não fale nada pro dom Sabino, por enquanto, por causa do noivado. Ele não pode saber que a gente está sentado bem em cima da propriedade dele!”, explicará a empresária. “Eu concordo. Dom Sabino é imprevisível. Vai saber como ele pode reagir quando souber disso”, falará Vanda. Paulina escutará tudo e ficará entre guardar segredo ou revelar a verdade para Marocas. As cenas irão ao ar nesta quinta-feira (23) em O Tempo Não Para.

Dom Sabino (Edson Cellulari) em O Tempo Não Para (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar