Noticia, Novelas, O Sétimo Guardião

O Sétimo Guardião: Morta, Milu reaparece em cabana e dá aviso importante à Mirtes

Desde que ficou sem lugar para morar, depois de ter sido expulsa da pousada de Ondina (Ana Beatriz Nogueira), Mirtes (Elizabeth Savala) anda procurando algum local para se abrigar nas ruas de Serro Azul. Após ficar uma noite em frente à igreja, no dia seguinte, a mãe de Aranha (Paulo Rocha) decide caminhar pela mata até encontrar a cabana onde Milu (Zezé Polessa) foi assassinada.

A partir daí, a beata rasga a faixa de interdição colocada pela polícia e entra no recinto: “Foi aqui que a bruxa esotérica morreu. Morreu, não. Foi morta! A feiticeira a essa hora deve estar queimando no fogo do inferno, ou bancando a alma penada por aí. Mas como eu não tenho medo de fantasmas…”, fala ela, consigo mesma.

Depois disso, Mirtes dorme, sendo que, minutos após, a porta da cabana se abre sozinha. Trata-se do espírito de Milu, que resolverá aparecer no local para falar com Mirtes. “Sou eu… Acorda, sua encrenqueira!”, avisa a alma penada.

Com isso, a vilã então despertará de seu sono e logo tomará um susto ao presenciar a falecida bem na sua frente. “Não era pra você estar morta, desgraça?”, questiona a beata, surpresa. “E estou!”, confirma a morta.

Veja também:

Logo após, Mirtes apanha um crucifixo e reza com o objetivo da inimiga ir embora dali. Contudo, Milu afirma que só sairá da cabana depois que falar algo de suma importância a ela: “Vim te dizer só uma coisa: sua hora chegou!”, dispara.

Acreditando então que morrerá no local, a religiosa ficará bastante assustada com o aviso, mas acaba sendo surpreendida com a explicação detalhada do fantasma de Milu: “Mirtes Aranha, a partir de agora você irá assumir meu posto de esotérica na Cristalina. Está escrito nas estrelas: é você quem vai continuar meu trabalho lá na minha loja!”, comunica. Quer saber a sequência desta cena? Então não perca o capítulo desta quinta-feira (25) de O Sétimo Guardião.

Você também pode gostar