Noticia, Novelas

O Outro Lado do Paraíso: Samuel demite e humilha Renato

Em O Outro Lado do Paraíso o diretor do hospital, Samuel (Eriberto Leão), demitirá em cenas dos próximos capítulos o médico Renato (Rafael Cardoso), que cometerá um erro médico. Renato dará alta a paciente Beth (Gloria Pires), sem a realização de exames médicos. O diretor não perderá tempo para humilhar o médico.

Em conversa Samuel diz : “A paciente corria risco de vida! Ou estou errado? Espero que tenha feito uma boa avaliação da Elizabeth”, e o outro médico responderá: “Nem fui olhar”. Provocando a irá do diretor que com raiva solta: Seu trabalho anda péssimo de uns tempos para cá: tira licenças, falta. Eu estava disposto a esperar essa fase passar. Mas não. Agora dá alta para uma paciente em risco. Está demitido”.

A demissão desencadeará uma discussão entre os dois, já que o personagem de Rafael Cardoso não aceitará a demissão, confrontando o diretor. Em um trecho da trama Rafael diz que Samuel só o demitirá por que é gay. “Está demitindo porque é gay. Eu sei que sou gostoso. E não cedi às tuas cantadas”.

Veja também:

Samuel rebate: “Eu nunca cantaria um verme como você. Está se aproveitando do fato de eu ser gay para me acusar. É o que homens do seu tipo fazem quando acuados. Em vez de enfrentarem a situação, em vez de aceitarem o erro, inventam uma história que nunca existiu”e completará: Se tivesse uma boa explicação para a alta da mãe da Clara, não perderia o emprego. O doutor Aguiar aqui presente é testemunha de que sua demissão não é fruto de uma cantada mal dada. Faça o favor. Saia da minha sala. Saia deste hospital. Rua. Bomba”.

O Outro Lado do Paraíso: Renato (Rafael Cardoso) será demitido.
(Foto: Reprodução/ Instagram)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar