Audiência da TV, Noticia, O Outro Lado do Paraíso

O Outro Lado do Paraíso alcança melhor audiência de Carnaval em dez anos

É inegável o fenômeno de O Outro Lado do Paraíso. A expectativa do público sobre as novas vinganças de Clara (Bianca Bin) estão cada vez mais sendo aguardadas, e nem mesmo as festividades de Carnaval, que iniciou-se no final da semana passada, conseguiram afetar a audiência da novela das nove, que se manteve com médias mais de dez pontos acima da meta estipulada na faixa – de 30 pontos.

Nesta terça-feira (13), o enredo assinado por Walcyr Carrasco cravou média de 42,87 (43) pontos na Grande São Paulo. Quando se comparado com as antecessoras que tiveram seus respectivos capítulos veiculados durante a folia, o folhetim cravou a melhor média neste período em uma década. A Lei do Amor (2016), por exemplo, havia obtido 28 pontos, seguido por A Regra do Jogo (2015), Império (2014), Em Família (2014) e Salve Jorge (2012), com 28, 32, 38, 30 e 35, cada, respectivamente.

Até então, quem assumia o topo era Duas Caras (2007) e Fina Estampa (2011), ambas obras assinada por Aguinaldo Silva, que tinham marcado 40 pontos neste dia, feriado prolongado que afasta os telespectadores da televisão durante dias. Caminho das Índias (2009), Viver a Vida (2010), Insensato Coração (2011) e Fina Estampa (2011), obtiveram 34, 32 e 35. Os dados são consolidados do Ibope. Cada ponto equivale a 71,8 mil domicílios na Grande São Paulo.

Número de telespectadores que assiste O Outro Lado do Paraíso em São Paulo é surpreendente

Se nos primeiros capítulos O Outro Lado do Paraíso era apontada como o mais novo fracasso do horário das nove, após suceder A Força do Querer, um dos maiores sucessos da faixa em anos, Walcyr Carrasco conseguiu provar o contrário com o lançamento da segunda fase da produção, chegando a alcançar médias dignas de última semana em plenas festividades de fim de ano, por exemplo.

Veja também:

De outubro pra cá, o enredo que traz Bianca Bin interpretando a vingativa Clara, consolida cerca de 8 milhões de telespectadores apenas na Grande São Paulo, totalizando cerca de 40% da população da maior praça de medição do Brasil. O maior recorde da trama, até então, foi com a exibição da morte do vilão Natanael (Juca de Oliveira), em 29 de janeiro, quando consolidou 44 pontos de média, ou seja, 9 milhões de pessoas sintonizados na TV.

Vale lembrar que próxima do seu centésimo capítulo, a trama já consegue superar sua antecessora, e ultrapassou Amor à Vida (2013), assinada pelo próprio novelista, e que detinha o posto de melhor desempenho do horário nobre desde o fenômeno Avenida Brasil (2012). Os dados são consolidados do Ibope. Cada ponto equivale a 71,8 mil domicílios na Grande São Paulo.

Cena de O Outro Lado do Paraíso (Foto: Gshow)

Cena de O Outro Lado do Paraíso (Foto: Gshow)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar