Novela Alto Astral estreia com humor e espiritualidade

A novela Alto Astral, que estreia dia 3 de novembro no lugar de Geração Brasil, na Globo, tem como principais ingredientes o humor, uma paixão arrebatadora e a rivalidade entre dois irmãos, que são os herdeiros do principal cenário da trama: um hospital.

“É um novelão, com coisas inovadoras, tratando o sobrenatural de forma leve”, diz o autor Daniel Ortiz, que desenvolve a sinopse escrita por Andrea Maltarolli,
escritora que morreu em 2009 em decorrência de um câncer.

O folhetim terá entre 155 e 170 capítulos, com previsão de terminar em maio do ano que vem. Mesmo usando como pano de fundo o espiritismo, o autor afirma que a novela não abordará a doutrina espírita.

“A característica do protagonista,Caíque (Sergio Guizé), é que ele é médium e a gente brinca muito com isso”, conta Daniel, que é completado pelo diretor de núcleo da trama, Jorge Fernando: “A novela não tem política espiritualista. Cada espírito tem uma história diferente, tem gente que não sabe que morreu, por exemplo. Falamos de espiritualidade sem falar da
doutrina”.

Você também pode gostar