Emissoras

Notícia errada faz afiliada da Rede Globo perder processo judicial

Com cobertura em São Paulo e no interior de Minas Gerais, a ”EPTV”, afiliada da Globo, não obteve vitória em um processo movido pelos vereadores da cidade Guaxapé, no interior do estado mineiro.

De acordo com o jornal ”Folha de S.Paulo”, a ”EPTV”, divulgou de forma errada, uma notícia baseada em uma nota emitida pelo Ministério Público de Minas, no mês de fevereiro deste ano. A notícia da afiliada dizia que o juiz havia cumprido um pedido do MP-MG, para abrir o processo de cassação do mandato contra 12 vereadores.

Veja também:

Entretanto, a nota correta, era de que o juiz havia apenas aceitado a denúncia da Promotoria por supostas irregularidades contra os 12 vereadores e tinha encaminhado ofício à Câmara Municipal para comunicar sobre o pedido das ações.

Diante do erro, os vereadores, decidiram por entrar com processos de indenização por danos morais contra a ”EPTV”. A juíza Maísa del Valle concluiu que houve ”negligência” e não teve ”checagem de fonte”, levando assim, a emissora pagar uma multa. Os advogados da emissora irão recorrer da decisão judicial.

EPTV, afiliada da Rede Globo

Você também pode gostar