Programas

No “SuperPop”, mãe de Eliza Samudio revela intenção de adotar neto

Durante o ‘SuperPop’ desta segunda-feira (13), a apresentadora da RedeTV Luciana Gimenez recebeu no palco da atração Sônia de Fátima Moura, a mãe de Eliza Samudio e responsável legal por Bruninho, seu neto, desde a morte da filha.

Condenado a 22 anos e 3 meses pela execução da modelo, o goleiro Bruno conseguiu habeas corpus no STF, e saiu da prisão em fevereiro deste ano, preocupando a avó do garoto. “Vou lutar com unhas e dentes. Ele tirou minha filha, não vou deixar que faça o mesmo com meu neto”, disse ao ressaltar que cogita adotar o garoto para evitar qualquer aproximação.

Luciana Gimenez a questionou em relação ao nome da criança, e Sônia revelou que nunca pensou em trocá-lo. “Esse foi o nome que ela [Eliza] deu para ele e é o que vou conservar. Se um dia ele quiser alterar, será por ele”.

Veja também:

Sônia disse ainda que entrou com recurso contra a soltura de Bruno, mas foi negado. Além disso, ela lembrou também de um dos únicos momentos em que encontrou com ele, durante uma das audiências: “Olhou para mim e me chamou de cara de pau. (.) Ele está vivendo a vida dele enquanto minha filha está morta”.

A presidente da ONG Vítimas Unidas, Maria do Carmo dos Santos, também participou do programa, ela afirmou que Bruno é egocêntrico e reclamou de internautas que classificam Eliza como culpada por ter sido assassinada pelo goleiro: “Vivemos em uma sociedade completamente machista e o que me choca não são os comentários dos homens, e sim das mulheres que defendem ele [Bruno]”, comentou.

Mãe de Eliza (Foto: Divulgação/RedeTV)

Você também pode gostar