Celebridades

No camarote do UOL, Bruno Gissoni briga com fotógrafo e se recusa a falar com o site

É bom que o ator Bruno Gissoni tenha curtido bastante o camarote do UOL, porque muito provavelmente será o último que participará. Problemático, o ator conseguiu a proeza de se estranhar com uma das figuras mais comuns do carnaval, que é o fotógrafo. Ele chegou ao ponto de proibir fotos dele.

Segundo informações do colunista Leo Dias, o ator, que foi convidado para o camarote do portal, acabou ficando pelos cantos, até que um fotógrafo foi lá e clicou ele. Bastou isso para que a confusão se iniciasse. Bruno simplesmente acionou o departamento de marketing do camarote para que o fotógrafo fosse obrigado a apagar a foto tirada dele, e foi o que ocorreu.

Gissoni argumentou que não poderia aparecer em fotos porque tinha ficado solteiro recentemente. Curiosamente, passado a tensão, o UOL o convidou para fazer um vídeo para o portal, mas para a perplexidade de todos, Bruno Gissoni simplesmente se recusou a gravar o vídeo, o que para muitos foi a gota d’água. Por isso mesmo, é certo afirmar que em 2018 ele não pisa nesse camarote.

Bruno Gissoni foi detonado por Sônia Abrão

Sônia Abrão já se envolveu em diversas polêmicas por comentar a vida dos famosos, a última da vez ocorreu com o ator Bruno Gissoni. Durante o “A Tarde é Sua” exibido na última segunda (13/02), a ‘fofoqueira’ decidiu dar sua opinião sobre a notícia recente de que o global se separou da namorada grávida, além disso o galã foi flagrado com amigas em um barzinho.
“Enquanto ela [Yanna] está em casa curtindo a gravidez, ele [Bruno] está na rua com amigas. Não dá para olhar para uma foto dessas e achar que é só um papo com amigas. E ela, claro, depois que viu essas fotos, estando grávida do cara, não quis mais saber. […] A emenda é pior do que o soneto, porque a assessoria disse que ele ‘sentiu necessidade de estar com outras pessoas‘”.

Veja também:

 

“A grávida é ela. A sensibilidade dela, quem já teve filho sabe o que é isso, é uma coisa completamente diferente do que se possa imaginar. […] É um comportamento imaturo, aí é que você fala que é molecagem. Que história é essa, que leviandade é essa, que peso é esse que se dá para a relação neste momento tão especial. É isso que a gente questiona. Aqui não entra moralismo disso ou daquilo. Nada. É só se colocar no lugar dela e sentir o que ela deve ter sentido ao ver isso”, disse a comunicadora.

Bruno Gissoni resolveu bancar o encrenqueiro (Foto: Reprodução)

 

 

Você também pode gostar