Programas

No “Brasil Urgente”, Datena não poupa críticas a Douglas Tavolaro, da Record

Na tarde desta segunda-feira, 05 de junho, o apresentador José Luiz Datena que apresenta o policialesco “Brasil Urgente”, na Band, não poupou palavras ao criticar o vice-presidente de jornalismo da RecordTV, Douglas Tavolaro, em razão do mesmo ter negociado com o Senador afastado Aécio Neves um patrocínio da Caixa Econômica Federal em troca de uma entrevista com o presidente Michel Temer, conforme foi noticiado aqui no Famosos na Web na semana passada.

Aparentemente nervoso, Datena classifica o jornalista de “sem caráter”, e ainda afirmou que ele “não vale nada”. “Por esse Douglas eu não boto a mão no fogo nem um pouquinho porque nunca gostei desse sujeito profissionalmente. Nunca gostei. E também, honestamente, acho que não tem caráter nenhum. Daí se ele é ladrão, se ele vende entrevista, não é problema meu. Isso aí ele tem direito a defesa como toda e qualquer pessoa”, comentou.

Em seguida, o apresentador defendeu o canal de Edir Macedo e voltou a detonar o também sobrinho do bispo. “Não acredito que a Record fosse capaz de fazer uma coisa dessa. Acho que é por isso até que não botou entrevista nenhuma no ar porque deve ter descoberto alguma falcatrua desse Tavolaro e não botou no ar. Porque eu duvido que a Record faria uma coisa dessa. Pô, eu trabalhei lá um tempão, você entendeu? Agora, por esse Tavolaro eu não boto a mão no fogo. Isso aí não vale nada! Não vale nada!”, finalizou.

Datena se revolta com Douglas Tavolaro (Foto: Reprodução/Band)

Entenda o caso

Uma outra notícia bombástica veio à tona na última sexta-feira (02), envolvendo a RecordTV e o Senador afastado Aécio Neves. O fato é que, o vice-presidente de jornalismo da emissora e então sobrinho do bispo Edir Macedo, Douglas Tavolaro, teria realizado negociações com o político e também com o ministro da Secretaria Geral de Governo, Moreira Franco, para fazer uma entrevista com o presidente Michel Temer em troca de ganhar um patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Por sua vez, a Caixa informou desconhecer que a RecordTV tivesse solicitado o patrocínio, fazendo então com que a entrevista com o presidente não viesse a ser efetuada.

Diante disso, gravações do bate papo entre Douglas e Aécio, que aconteceu no dia 19 de abril, vieram à tona no decorrer desta sexta (02), em razão de um grampeamento telefônico que ocorreu por meio do celular do PSDBista.

Em um primeiro momento, o sobrinho do bispo afirmou que chegou a receber um telefonema de Moreira, porém não atendeu por achar que se tratava de uma entrevista a ser concedida. “Só tem um jeito de sair. Se tiver uma coisa, entendeu?”, disse Tavolaro.

Veja também:

Procurada, o canal da Barra Funda informou que a Caixa é “um cliente histórico”, e também que a entrevista não foi foi feita com Temer em razão do Planalto não autorizar. Já a assessoria do político falou que nunca houve um pedido da emissora para tal ocasião.

Por fim, a Caixa Econômica alegou que a tal solicitação feita por Tavolaro a Moreira, de fato, chegou ao conhecimento deles, sendo que a Presidência disse não saber de tais acordos feitos pelo Ministro no banco.

As informações são do site “Buzzfeed News”. Confira abaixo as gravações interceptadas entre Aécio Neves e Douglas Tavolaro e tire as suas próprias conclusões.

Aécio Neves no debate da Record para presidente em 2014 (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar