BBB

“Não sou um poço de equilíbrio, nem quero ser”, dispara Ana Paula Renault

Enquanto esteve dentro da casa mais vigiada do Brasil, Ana Paula Renault conseguiu, ao mesmo tempo, ser amada e odiada pelos telespectadores. A jornalista aprontou todas dentro do programa até o dia que se excedeu na bebida e deu dois ‘tapas’ na cara de Renan e que culminou em sua expulsão do reality show. “Para mim, aquilo não foi um tapa, mas uma provocação”, disse ela em entrevista ao jornal “Extra”.

Para a publicação, a jornalista falou ainda que não gosta quando associam o fato de sua agressividade dentro do jogo com a morte de sua mãe, que morreu em um acidente de carro. A ex-sister enfrentou o momento difícil com o apoio de uma grande amiga. “Quando ela morreu, meu pai já tinha seus 70 anos. Era menos uma para me proteger. Então, decidi gritar sozinha. Isso funcionou como a minha arma de defesa. Passei a ter uma noção maior de família. Prezo muito estar com eles. Vivi sete dias de luto intenso, sem tomar banho, jogada na cama. Tive uma amiga que ficou comigo esse tempo todo, colada mesmo”.

Veja também:

Solteira, Ana Paula garante que não ficou com ninguém desde que deixou o BBB. “Tem quase um mês que saí da casa e ainda não fiquei com ninguém. Pelo visto, vou ficar nesse zero a zero por um bom tempo. Minha independência afasta. Quem não tem vontade de me entender me acha louca”, opinou. A jornalista falou também sobre sua personalidade. “De onde tiraram que eu tenho essa autoestima elevada? Não sou um poço de equilíbrio, nem quero ser. Já fiz muita terapia, mas sempre recebia alta”, disse.

Ana Paula Renault conquistou milhares de fãs

Ana Paula Renault conquistou milhares de fãs

Você também pode gostar