Morre atriz responsável pelo primeiro beijo hétero e gay

A atriz e escritora Vida Alves morreu na última terça-feira (04/01) aos aos 88 anos. Ela já estava internada tinha cerca de uma semana e de acordo com a família, ela morreu por devido a falência múltipla de órgãos.

Vida foi um nome muito famoso no início da TV no Brasil, ela foi a responsável pelo primeiro beijo hétero em novelas brasileiras, em “Sua Vida Me Pertence”, que foi transmitida ao vivo na TV Tupi no ano de 1951. O diretor e escritor, Walter Foster era o par romântico da atriz.

Vida disse em entrevista ao G1, em 2013, que não houve ensaio para a cena do beijo. “Walter Foster era o diretor artístico, de certa forma meu chefe. Ele explicou ao meu marido, numa visita à minha casa, como seria. Absolutamente marcado. Tal postura, tal olhar, a boca ligeiramente aberta, me aproximo e fico uns segundinhos. Assim foi feito, sem ensaio, tudo ao vivo. Foi esteticamente bonito, romântico e simples”.

Vida também foi responsável pelo primeiro beijo gay da TV, no teleteatro A Calúnia, com Geórgia Gomide. A cena foi ao ar também na TV Tupi no ano de 1964.

Vida Alves (Foto: Reprodução)
Curtidas
Edward Rodrigues
Estudante obcecado pelo mundo dos famosos. Imparcial e preciso quanto as informações. É uma honra fazer parte da equipe de redatores do Site Famosos na Web. E-mail: [email protected]

Comentários