Celebridades, Noticia, RedeTV!

Monique Evans se espelha em Íris Stefanelli e revela assédio moral de diretor da RedeTV!

Depois que a apresentadora e ex-BBB Íris Stefanelli resolveu colocar a “boca no trombone” para revelar que sofria ameaças de um diretor da RedeTV!, agora foi a vez da ex-modelo e ex-repórter do TV Fama Monique Evans se manifestar sobre o assunto.

Em sua conta oficial no Instagram, a loira revelou que sofria de assédio moral por parte de um diretor da emissora de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho. “Foram anos de matérias engraçadas para o TV FAMA, estive apresentando o programa por algum tempo, com muita audiência. Amava o q fazia!!! Até que um diretor começou a me assediar moralmente. Foram anos de humilhações e ninguém acreditava em mim. Os colegas da redação viam o q ele fazia, mas o medo de perder o emprego era maior”, contou ela.

Em seguida, Monique continuou com suas afirmações e deu mais detalhes sobre os acontecimentos. “Quando minhas matérias entravam no ar, davam pico de audiência!!!!! Mas ele me mandava para o porto de Santos, cobrir o embarque dos corinthianos, numa van sem ar, sem segurança e sem pauta.. mas eu fazia!!! E tirava leite de pedra!! Dizia q eu não tinha matéria, com várias na gaveta. Me ridicularizava por causa da minha depressão, mas eu nunca deixei de trabalhar por causa dela. Como sofri com esse homem!!”.

Ao final, a mãe de Bárbara Evans também explicou o motivo que lhe fez sair do canal de Osasco. “Hoje vi que a @irisstefanelli também contou o que passou com esse monstro e resolvi me abrir. Sempre fui o pico de audiência nos programas q trabalhei na Rede TV, mas me desliguei da emissora por não aguentar mais os mal tratos dessa pessoa
Uma pena!!”
, concluiu Monique, que aparece em uma foto ao lado do consultor de etiquetas Fábio Arruda.

Entretanto, em meio a essa onda de acusações por parte de Íris e Monique, o site Notícias da TV descobriu quem é a pessoa que elas estão se referindo, trata-se de Fábio Martinho, diretor do TV Fama, que, em resposta, desmentiu tudo aquilo que ambas falaram, e ainda disse que Evans “distorce a realidade”. Já algumas ex-colegas de trabalho de Monique e Íris fizeram questão de defender Martinho e também alegar que as duas “tinham ataques de estrelismo.”

À mesma publicação, Monique reforçou o que havia dito nas redes sociais, ressaltando que “era xingada e maltratada pelo chefe, a ponto de vomitar numa crise nervosa”. Além disso, a loira afirmou que “as agressões psicológicas foram responsáveis por sua internação durante 20 dias em uma clínica psiquiátrica no Rio de Janeiro, em 2013”.

“Eram coisas de uma maldade tão grande, que eu chorava, passava mal, ficava sem dormir. Ele gozava de mim porque eu tinha sido diagnosticada com depressão, me xingava e gritava comigo. Eu sofri muito”, completou.

No mais, Monique Evans ainda salientou um outro episódio acerca de suas reportagens externas. “Eu pedia para ir acompanhada e ele dizia que as coisas não tinham que ser do jeito que eu queria”, revelou ela, ao dizer que era proibida pelo diretor de sair com seguranças para as ruas. “No porto de Santos, uns integrantes da torcida do Corinthians chegaram a avançar em mim. Fiquei morrendo de medo”, contou a loira.

View this post on Instagram

Veja também:

Foram anos de matérias engraçadas para o TV FAMA, estive apresentando o programa por algum tempo, com muita audiência. Amava o q fazia!!! Até que um diretor começou a me assediar moralmente. Foram anos de humilhações e ninguém acreditava em mim. Os colegas da redação viam o q ele fazia, mas o medo de perder o emprego era maior. Quando minhas matérias entravam no ar, davam pico de audiência!!!!! Mas ele me mandava para o porto de Santos, cobrir o embarque dos corinthianos, numa van sem ar, sem segurança e sem pauta.. mas eu fazia!!! E tirava leite de pedra!! Dizia q eu não tinha matéria, com várias na gaveta. Me ridicularizava por causa da minha depressão, mas eu nunca deixei de trabalhar por causa dela. Como sofri com esse homem!! Hoje vi que a @irisstefanelli também contou o que passou com esse monstro e resolvi me abrir. Sempre fui o pico de audiência nos programas q trabalhei na Rede TV, mas me desliguei da emissora por não aguentar mais os mal tratos dessa pessoa Uma pena!! Nessa foto estou com o amigo Fábio Arruda, numa entrevista..

A post shared by Monique Evans (@moniquevansreal) on

O outro lado

Fábio Martinho também foi procurado pelo mesmo site para falar sobre o episódio envolvendo seu nome, e esclareceu que “nunca maltratou nenhum profissional e que está à frente do programa há 12 anos, sem nunca ter se indisposto com ninguém nem sido denunciado ao RH da empresa”.

“Isso é um absurdo e não consigo entender o porquê de me envolverem nesse tipo de coisa. Elas [as acusadoras] vão ter que provar. Isso é mentira! A Monique tem que especificar quando essas coisas aconteceram. Eu tenho testemunhas de que era ela que maltratava a assistente”, acusou o diretor.

Em contato com a tal assistente, que desempenhou a função de produtora no programa durante um ano, a mesma disse que era ela que se tornava vítima de Monique. “Ela chegou a mandar eu me f… na frente de várias pessoas em um evento […] Em vários momentos ela gritava comigo e chorava. Acredito que isso tem a ver com a depressão dela”, detalhou a profissional.

Sobre Martinho, a ex-produtora contou que, às vezes, ele “perdeu um pouco a mão”, mas que nunca chegou a praticar agressão moral com alguém. “Ele não tinha muito controle emocional em algumas situações, talvez falasse um pouco mais alto, mas não é nada diferente do que acontece em outros lugares”, explicou.

Em contrapartida, Monique negou as acusações contra ela. “Não me lembro de ter dito isso para ninguém [sobre ter xingado a produtora]. Se isso aconteceu, essa pessoa devia ser uma lesada, daquelas que passam na frente das câmeras nas gravações. Essa produtora deve ser amiga do Fabio [Martinho]”.

Já a ex-repórter do programa de fofocas Mônica Apor também desmentiu as acusações de Monique Evans. “Fiquei durante nove anos [2003 a 2012] no TV Fama e não posso reclamar uma vírgula. De verdade. Não havia nada que pudesse ser caracterizado como assédio moral”, salientou. A RedeTV!, por sua vez, não se manifestou sobre o caso até o presente momento.

Monique Evans acusou diretor do TV Fama de ter praticado assédio moral contra ela (Foto: Divulgação)

Monique Evans acusou diretor do TV Fama de ter praticado assédio moral contra ela (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar