Celebridades

Monica Iozzi fala sobre a quantidade abusiva de programas religiosos na TV e causa polêmica

Na tarde desta segunda-feira (06), Monica Iozzi resolveu, mais uma vez, desabafar na Internet, e em sua página oficial no Facebook ela comentou sobre a quantidade abusiva de programas religiosos que existem na TV aberta.

“Neste momento 7 dos 20 primeiros canais da minha TV estão transmitindo programas de igrejas. Nada contra nenhuma religião, mesmo! Mas será que não deveríamos usar a TV aberta para divulgar mais informações e cultura?“, perguntou a global, utilizando imagens de líderes religiosos, como a de Edir Macêdo e do apóstolo Valdemiro Santiago.

Com isso, a artista recebeu elogios por parte dos seguidores. “Até porque a programação religiosa da TV, além de tudo, não reflete a diversidade religiosa do país, é toda voltada a um só grupo de telespectadores”, falou uma internauta. “Monica, obrigada por usar de seu papel de figura pública pra suscitar reflexões sempre tão interessantes! Você é um exemplo de artista engajada criticamente e verdadeiramente comprometida com a realidade social”, afirmou outra.

Veja também:

Além dos elogios, também vieram as críticas. “A história da Bíblia e experiências de pessoas de fé de certo modo é informação e cultura de um povo, mesmo a gente acreditando ou não”, disse um seguidor. Se os evangélicos estão pagando o espaço na TV, com certeza muita gente gosta e assiste”, argumentou outro.

Confira o comentário:

(Foto: Reprodução/Facebook)

Mônica Iozzi critica o número de programas religiosos na TV aberta (Foto: Reprodução/ Instagram)

Você também pode gostar