Emissoras

Ministério Público processa Record por conta de comentário feito por Marcelo Rezende no “Cidade Alerta”

Parece que as coisas ficaram meio pesadas pro lado do jornalístico. A Record se viu num caminho sem fim após ser intimada pelo Ministério Público de São Paulo, que recebeu uma denúncia após uma cobertura feita no “Cidade Alerta” e que exibia ao vivo uma perseguição policial. Entretanto, a tal problemática ocorreu porque eles trataram os suspeitos como culpados.

Com os comentários considerados impróprios, segundo a coluna Zapping escreveu para o jornal “Agora S. Paulo”, eles estão prestes a arcarem com uma multa tamanha por Marcelo Rezende não ter segurado a língua. Todavia, ao ser questionado sobre o acontecido, o canal defendeu seu funcionário.

Veja também:

Classificado como comentários proibidos para o horário de fim de tarde em que o programa é exibido, a Record declara que era impossível escolher imagens próprias para a situação, já que também era impossível prever que ocorresse tal operação policial e que eles seriam suspeitos ou culpados.

Parece que vai doer no bolso. (Imagem: Divulgação/Record)

Parece que vai doer no bolso.
(Imagem: Divulgação/Record)

Curtidas

Você também pode gostar