Celebridades

Mesmo com grande lucro, grupo RBS não aceita reajuste de salário para jornalistas

Com o argumento de que o Brasil está passando por uma crise, os donos de veículos e comunicação de Santa Catarina pretendem arrochar os salários dos jornalistas em 2016. A proposta deles é de repor apenas metade da inflação de Maio do ano passado a Abril desse ano, que foi cerca de 9,8%.

Em contrapartida o sindicato dos jornalistas denuncia a tentativa das empresas de desvalorizar o trabalho dos jornalistas. Essa decisão foi tomada após um processo de demissões que atingiu grandes e pequenos veículos no último ano, a parte maior afetada foi a redação onde metade dos profissionais foram mandados embora.

Vale lembrar que apenas em 2015 a RBS teve um lucro de R$ 89 milhões porém vem perdendo dinheiro no mercado financeiro e está sendo investigado na Operação Zelotes por suspeita de sonegação de mais de R$ 600 milhões junto à Receita Federal. Após a venda de suas operações em SC, os proprietários, Lírio Parisotto e Carlos Sanchéz, já iniciaram seus negócio de comunicação apertando o salários dos profissionais.

Grupo não aceitou reajuste aos jornalistas (Foto: Reprodução)

Grupo não aceitou reajuste aos jornalistas (Foto: Reprodução)

Veja também:

 

Curtidas

Você também pode gostar