Celebridades

Médico faz novas revelações sobre Michael Jackson: “Se fantasiava para ficar com prostitutas”

Como se já não bastasse as insinuações feitas anteriormente, Conrad Murray voltou a falar a respeito de Michael Jackson. O médico, que foi o responsável pela morte do cantor, revelou outras histórias que estarão no livro “This Is It”, em outras palavras, mais polêmicas. Reforçando mais uma vez a tese de que o astro do pop era pedófilo, Murray contou que, além da garota de 12 anos que Michael pretendia se casar, a atriz Emma Watson também era um desejo do cantor.

Em entrevista ao “Daily Mail”, o médico contou que a paixão por Emma Watson teria vindo posteriormente, após Rei do Pop vê-la em um dos filmes da franquia “Harry Potter”. Murray não parou por aí, ele ainda afirmou que o cantor era tão fascinado pela intérprete de Hermione que chegou a ter um recorte de papelão em sua casa, que fica localizada em Los Angeles. Murray também revelou que Michael se fantasiava para ficar com garotas de programa. De acordo com ele, as fantasias costumavam ser de palhaço.

Veja também:

Para não ser reconhecido, o astro usava máscaras cirúrgicas, nas palavras do médico. Ele ainda conta que o cantor falava com um sotaque árabe para diminuir os riscos de ser descoberto. Murray afirma que certa vez Michael queria ir a um club de strip, porém ele o convenceu a ir para um hotel com as prostitutas no intuito de evitar ser fotografado por paparazzi. Seria Michael Jackson um pedófilo e doente mental ou tudo não passa de invenção afim de lucrar?

O médico revelou novas histórias do cantor (Foto: Reprodução)

O médico revelou novas histórias do cantor (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar