Programas

“MasterChef Júnior” pode sair do ar; entenda

A primeira edição do reality culinário infantil “MasterChef Júnior” mal começou e já está sendo alvo de muitas polêmicas. A justiça, os pais dos participantes e a própria TV Bandeirantes já se pronunciaram sobre o acontecimento. Nos últimos dias, algumas das participantes estão sendo atacadas por meio de crimes cibernéticos, a mais afetada foi Valentina, de apenas 12 anos de idade. Um site, que publicou fotos da menina incitando a pedofilia, chegou a ser posto no ar. O pai da garota comentou o fato. “Não esperava que existisse tantas pessoas doentes assim”.

De acordo com uma reportagem publicada nesta quinta-feira, 22, o Juizado de Menores e a Promotoria Pública, a partir de agora irão analisar o programa em questão. A intenção é perceber se o reality, de alguma maneira, expõe as crianças de forma que incite a pedofilia.

Depois do ocorrido, a TV Bandeirantes, até por receio de que o programa saia do ar, publicou uma nota à imprensa. A emissora disse que repudia os comentários e chamou as atitudes de desagradáveis. E ainda lamentou o episódio e o considerou de extremo mau gosto.  Ainda segundo a nota, a emissora disse que a intenção do programa é explorar o talento das crianças e jamais provocaria qualquer estímulo a pedofilia. Entretanto, a Band não informou se irá investigar os comentários criminosos ou ajudar de alguma forma a investigação da polícia.

Cenas do primeiro programa do MasterChef Junior (Foto: TV Band)
Cenas do primeiro programa do MasterChef Junior (Foto: TV Band)