Emissoras, Noticia, TV

Massacre em escola de Suzano faz com que emissoras modifiquem suas programações; veja

Na manhã desta quarta-feira (13), as emissoras mais fluentes do país acabaram alterando suas programações, por conta de mais uma tragédia acontecida no Brasil. Dois adolescentes realizaram um massacre em uma escola em Suzano, na Grande São Paulo. Eles atiraram em crianças e funcionários do local, matando 10 pessoas, segundo números confirmados pela Polícia Militar.

Os canais de TV, ao saber da informação, passaram a fazer cobertura do caso. Na Globo, durante o ‘Bem Estar’, Dony De Nuccio foi chamado por Mariana Ferrão para falar sobre o tiroteio. Num primeiro momento, o âncora do ‘Jornal Hoje’ trouxe informações preliminares e o programa matutino acabou indo para o intervalo comercial logo após. Na volta, o jornalista passou a dar mais detalhes e repórteres entraram com links diretamente da entrada da escola.

Na Record, a cobertura começou com César Filho, no ‘Hoje em Dia’, mas depois entregou a transmissão para Reinaldo Gottino, apresentador do ‘Balanço Geral’. O canal do bispo Edir Macedo exibiu algumas cenas do lado externo do colégio, onde algumas pessoas saíam com medo e vários carros da polícia cercavam o espaço. A exibição do caso continuou durante todo o programa de Gottino.

Já a Band entrou com plantão e dividiu a tela com imagens áreas e links. Repórteres conversaram com a responsável pela transmissão e explicaram que cinco crianças, uma funcionária e os dois atiradores morreram na confusão. A ação da emissora do Morumbi foi diferente da RedeTV!, que optou por continuar sem transmitir a tragédia e seguiu com a sua programação normal.

Veja também:

Por fim, o SBT iniciou a cobertura com o ‘Primeiro Impacto’, tendo a repórter Márcia Dantas em Suzano. Porém, o jornalístico terminou às 10h30 e a grade da emissora seguiu normalmente, com o ‘Bom Dia & Cia’. Vale ressaltar que dificilmente o canal derruba sua programação para tratar de casos deste tipo. Segundo informações repassadas pelo site NaTelinha.

Dony de Nuccio comandou a cobertura do massacre na transmissão da Globo (Foto: Reprodução/Globo)

 

Você também pode gostar