Celebridades

Martinho da Vila será enredo de escola de samba paulista em 2018

Em homenagem aos 80 anos de idade e 50 anos de carreira, o cantor Martinho da Vila será homenageado no Carnaval paulista em 2018. A agremiação da Unidos do Peruche fará dele, o enredo do ano que vem. O título definido foi: “Peruche é o negro rei… 80 anos de Martinho lá da Vila”.

Será a primeira vez desde que o cantor desfilará pelo sambódromo do Anhembi desde 2009, quando a Tom Maior também o homenageou, com o tema: “Uma nova Angola se abre para o mundo! Em nome da paz, Martinho da Vila canta a liberdade”.

Martinho se encontrou com o presidente da escola de samba, Ney de Moraes, na tarde desta quinta-feira (23), no Rio de Janeiro, para a confirmação do enredo. Será a terceira vez em que o Peruche fará parte do grupo especial, desde que retornou do grupo de acesso, em 2015.

(Foto: Reprodução)

Martinho da Vila volta a falcudade aos 79 anos

Autor de doze livros, detentor de diversos sucessos do samba brasileiro, o cantor Martinho da Vila não se importa em saber se já está velho demais, ou não.

Aos 79 anos, o sambista está cursando sua primeira faculdade. A falcudade em questão é no ramo de Relações Internacionais. Dividindo tempo para os seus shows, sua vida pessoal e profissional e a família, o artista sempre é visto nas aulas da universidade particular na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Veja também:

“Várias pessoas de uma certa idade, até de 50 anos, que tinham vontade de fazer um curso superior, mas que não tinham muita coragem, chegam e falam que foram incentivados por mim a estudar. E isso é bacana. Conhecimento nunca é demais”, disse Martinho, ao jornal Extra.

Sobre o curso de Relações Internacionais, ele contou que já pratica há anos: “Já pratico relações internacionais há muito tempo, mas eu queria pegar um pouco de conhecimento mais teórico”, explicou.

“Na faculdade, eu sou um aluno de conhecimento, um ouvinte. Faço os trabalhos que todos fazem, cumpro uma carga horário, mantenho a frequência nas aulas, mas não preciso fazer prova”, completou.

Você também pode gostar