Celebridades

Marina Nery fala sobre seus traumas fora do país

A belíssima atriz baiana Marina Nery que atuou em “Velho Chico” contou nos bastidores do programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’ sobre sua vida aos 16 anos fora do Brasil como modelo.

Marina fez o papel de Leonor na primeira fase da novela, sua atuação rendeu muitos elogios, mas segundo ela foi difícil chegar aonde chegou, principalmente na época que moro em Nova York.

“Fui criada pela minha mãe e sempre tive babá. Quando fiquei um pouco mais velha e não precisava mais de babá, a gente teve uma moça que ia lá em casa para fazer comida e limpar. Então eu não sabia cozinhar, lavar roupa, limpar, passar e nem pegar ônibus sozinha. Eu queimei muito arroz, encolhi muita roupa e me perdi muito até aprender. Liguei muito para minha mãe para saber como refogava o arroz, temperava carne e como colocava roupa para lavar”, contou a modelo.

Ela também relatou sobre uma situação chata que viveu em uma agência em Nova York, “Logo quando cheguei em Nova York entrei em uma agência e eles me falaram que iam hidratar meu cabelo, que é bem cacheado. Eu saí da hidratação com cabelo alisado. Fizeram escova progressiva no meu cabelo sem me falar! Fiquei muito chateada e fui conversar com eles, e eles me disseram que fizeram o que era melhor para mim. Mas acho que quem sabe o que é melhor para mim, sou eu. Essa situação me fez voltar de Nova York e morar no Brasil”.  Concluiu a atriz.

Veja também:

 

marina-nery

Marina Nery com Fátima no programa ‘Encontro’ (Foto: Raphael Dias/Gshow)

 

 

Você também pode gostar