Celebridades

Marina Ruy Barbosa se desculpa após propaganda de papel higiênico preto

Ao longo da vida toda, o papel higiênico foi branco e tudo corria na paz, até que a marca personal decidiu inovar e trazer um produto na cor preta, algo que já existe em outro país. Para valorizar a cor adotada, a marca apostou na frase Preto é Lindo. Bastou isso para que grupos e movimentos começassem uma onde de ataques em relação a marca, que passou a ser acusada de racismo.

A campanha estrelada pela atriz Marina Ruy Barbosa acabou recebendo diversas críticas por parte dos internautas. A atriz, que já tinha negado qualquer racismo por trás do produto, acabou pedindo desculpas aos que se ofenderam ontem, 24, embora voltasse a reafirmar que nem ela, nem a equipe fizeram a campanha com propósito de desrespeitas as pessoas.

Entenda a polêmica

Uma campanha estrelada por Marina Ruy Barbosa vem dando o que falar. A marca Personal lançou no mercado um papel higiênico preto. Através de sua conta no Instagram, a atriz global publicou a foto da propaganda e legendou: “Um lançamento que eu adorei fazer parte! O primeiro papel higiênico preto do país!“.

No entanto, a polêmica se instaurou quando foi colocada a hashtag “#BlackIsBeautiful” como estratégia de divulgação para o novo produto. A empresa está sendo detonada pelos internautas, que logo se recordaram de um movimento da década de 60 que visava o empoderamento dos negros e tinha esta mesma frase estampada.

Veja também:

Todas as reações aconteceram no perfil de Marina, que tomou uma atitude e parece que só fez piorar a repercussão negativa. Ela bloqueou os comentários na publicação e fez com que o público se mudasse para fazer as críticas no Twitter. Por conta disto, o nome da atriz esteve nos Trending Topics. Mas, diante do massacre, o post foi excluído na manhã desta terça-feira, 24 de outubro. Curiosamente, horas depois, a foto foi vista novamente na conta dela.

Procurada para comentar o caso, Marina respondeu através de sua assessoria de imprensa dizendo que não irá se pronunciar. Já a Personal tentou amenizar a polêmica e explicou a campanha. “O preto é lindo. A cor sempre foi considerada ícone de estilo e refinamento nos universos de luxo e da moda. Agora, Personal Vip Black traz este conceito também para a decoração e nossa campanha reflete essa integração entre a cor e a sofisticação“, disse Lucia Rezende, diretora de marketing da marca, em entrevista ao UOL.

Marina Ruy Barbosa pediu desculpas (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar