Celebridades

Marília Gabriela faz revelações e fala de fama de namoradeira; confira!

O jornalista Marcelo Bonfá conversou com a também jornalista Marília Gabriela, e ele realizou diversas perguntas para a profissional, inclusive sobre a vida pessoal.

Afastada da TV desde que apresentou a nova versão do “TV Mulher”, no ano passado conta que está cansada. “Eu não estou na tevê porque eu cansei, me deu um enorme cansaço. Eu estou na televisão desde os 20 anos de idade. Eu comecei entrevistando pessoas como repórter no Jornal Nacional. Quando eu comecei programas de entrevistas longas, eu vi que era isso que eu queria. Dá tempo de ter um raciocínio completo, dá tempo de passar o nervosismo, do entrevistado fica confortável, de haver a revelação e encerrar numa boa”, conta.

Profissional no ramo de entrevistas, Gabi revela que consegue perceber se o entrevistado está mentido ou não. “Hoje em dia eu consigo saber quando o entrevistado está mentido. Alias, isso já ocorre de alguns anos para cá. São sinais mínimos, mas eu percebo.”

Ao relembrar sua conversa com a estrela internacional, Madonna, a jornalista revela: “Já fiquei decepcionada com alguns entrevistados. Vou citar uma que muita gente conhece. A Madonna. Eu apanhei muito porque falei mal dela. Eu me preparei para fazer uma grande entrevista com ela, com 49 perguntas. Isso bem aproveitado dá para fazer uma semana de entrevista. Só que não. Ela jogou a entrevista fora. Ela respondeu a todas as perguntas de uma forma irresponsável e superficial. Ela tinha uma pequena platéia no local de gravação. Uns flamboyants. Eles ficaram aplaudindo e apoiando no sim e não da Madonna. Foi triste mesmo. Eu achei que ela ia me dar uma entrevista brilhante. Era o que eu esperava daquela mulher inovadora, cheia de energia, feminina.”

Sobre boatos de seu status de relacionamento, Gabi conta que já foi rumorado que ela estava sendo traída pelo seu marido. “Já houve fofocas quando eu era casada que eu estava sendo traída e na verdade estávamos em casa lendo aquilo. Eu achava um absurdo. As fofocas são sempre feitas sobre os meus relacionamentos. Quando eu me separei pela segunda vez, eu tive três casamentos, alguém publicou que eu tinha ido embora com uma mulher para a Europa… Eu estava aqui em SP trabalhando quando li isso no jornal.”

Veja também:

“Eu fui muito namoradeira a vida toda. Digo isso de boca cheia. E fui muito feliz com isso. Namorei quem eu quis e bastante. Eu sou geminiana, sou um pouco galinha. Era, eu quero dizer”, afirmou Gabi. “Os homens que riram de mim foram os homens que definitivamente me amaram. Que conseguiram achar graça nas minhas discussões, no meu mau humor, na minha loucura. O Gianecchini ria muito de mim. Teve uma época que eu cismei que passar batom borrado era sexy. Então eu saia e borrava o batom. Um dia nós fomos numa peça de teatro, alguém falou sobre o meu batom e Gianecchini falou para deixar para lá… Agora, ela deu para isso”, relembra.

“Eu acho que não sou uma pessoa equilibrada. Eu acho que qualquer pessoa que viva intensamente a vida, que tenha indagações sobre ela, sobre o nosso cotidiano, sobre a nossa situação, sobre o que nos cerca, sobre a nossa origem, não pode ser uma pessoa equilibrada”, diz ela, que ainda finaliza: “Tudo o que as pessoas sabem de mim é muito pouco porque eu sou uma pessoa extremamente reservada, por incrível que pareça. Quem sabe de mim sou eu”.

Bonfá e Marília Gabriela (Foto: Reprodução/YouTube)

Você também pode gostar