Celebridades

Luiza Brunet dispara sobre críticas: “Não me fazem mais chorar”

A atriz Luiza Brunet parece estar em alta mesmo, já que está indo ao ar em duas novelas da Gl0bo; “Anjo Mau”, reprisada no “Vale a Pena Ver de Novo” e a atual trama das nove, “Velho Chico”. Na segunda, ela vive a prostituta Madá, que entrou no folhetim de Benedito Ruy Barbosa recentemente para bagunçar a história pacata, já que sua personagem será amante de Afrânio (Antônio Fagundes). Em entrevista ao portal “UOL”, Brunet falou sobre esse novo desafio às 21h e garantiu não se importar com as críticas sobre sua atuação.

“Ninguém e unanimidade, e cada um tem sua opinião. Em ‘Anjo Mau’, eu tinha uma personagem muito importante na trama, contracenava com o Mauro Mendonça, que era um grande ator, tinha um núcleo fantástico. As críticas me deixaram insegura, isso me atrapalhou. Mas eu amadureci. Respeito as críticas se forem construtivas, elas não me fazem mais chorar, não me fazem mais sofrer. Agora, li um comentário de alguém no Instagram e respondi: ‘Que pena que eu te decepcionei. Vou fazer melhor’. Tenho essa tranquilidade”, disse.

A atriz já havia trabalho com o diretor, Luiz Fernando Carvalho em “Correio Feminino”, série do “Fantástico”, e foi especialmente convidada por ele para integrar o elenco de “Velho Chico”. “‘Correio’ foi uma felicidade enorme, uma série pequena, mas importante. Não tinha texto, era mais expressão, olhar, gestual… Foi um trabalho primoroso e gostaria de experimentar outros papéis. Se houver oportunidade e avaliarem que eu posso ter condições de fazer, eu adoraria continuar”, garantiu.

Luiza Brunet reprovou no teste de elenco, porém, mesmo assim conseguiu entrar para a novela. Ela diz que não ficou chateada por não ter passado, muito pelo contrário, ficou muito honrada pelo convite de Luiz Fernando Carvalho. “Imagina! Fiquei tão feliz de ele ter pensado em mim. É normal, vejo outras mulheres que fazem testes e não passam. Pelo contrário, acho um privilégio. É vida segue”, declarou.

Veja também:

O figurino exuberante de Madá chamou atenção do público e de Luiza, que não vê a hora de receber os novos textos da personagem. “Acho que desfigurou um pouco. Eu me olhei no espelho pela primeira vez loira e não me reconheci. Fiz muitas participações em novelas também como Luiza Brunet, então ficou diferente. É maravilhoso se transformar nessa mulher tão desesperada, com uma roupagem totalmente diferente”, disse.

Diferente do que estava previsto, a cena da entrada de Madá foi carregada no drama, antes ela seria suave, mas o diretor decidiu mudar tudo e adorou o resultado. Luiza Brunet garante que se sentiu confortável durante a sequência, principalmente por contracenar com Antonio Fagundes. “Não ia ser tão dramática, era para ser mais suave. Mas o Luiz Fernando acaba mudando tudo, e é muito melhor trabalhar com a surpresa. E eu estava contracenando com o Antonio Fagundes, que já conhecia e admiro bastante. Fiquei muito confortável, procurei fazer da melhor maneira possível”, finalizou.

Luiza Brunet em cena de "Velho Chico"

Luiza Brunet em cena de “Velho Chico”

Curtidas

Você também pode gostar