Novelas

“Liberdade, Liberdade”: Rubião pergunta a Joaquina se ela é revolucionária

Para evitar os conflitos causados por Napoleão na Europa, Joaquina (Andreia Horta), Raposo (Dalton Vigh), André (Caio Blat) e Bertoleza (Sheron Menezzes) saíram de Portugal e vieram para a Colônia junto com a Corte. Eles desembarcam no Rio de Janeiro e seguem viagem para Vila Rica, onde são recebidos pelo agora Intendente Rubião (Mateus Solano), que os hospeda em sua casa.

Joaquina nem desconfia de que seu anfitrião traiu a confiança de seu pai, Tiradentes (Thiago Lacerda) no passado, traição essa que o levou à morte na forca, e o vilão ainda assassinou sua mãe, Antônia (Letícia Sabatella). Sempre curiosa, Joaquina decide folhear um dos livros de Rubião .

A filha de Tiradentes pega a “Enciclopédia dos Iluministas” e questiona Rubião: “O senhor lê os iluministas, senhor Rubião? O que sua majestade diria disso?”. O vilão, que agora é caçador de revolucionários a serviço da Coroa, responde que é preciso conhecer o inimigo para enfrentá-lo em seu território.

Veja também:

Rubião percebe a segurança com que a filha de criação de Raposo fala sobre política, e a questiona, desconfiado: “A senhorita é uma revolucionária?”. O que será que a Joaquina irá responder? Descuba o fim dessa conversa, no capítulo de “Liberdade, Liberdade” que vai ao ar nesta quinta-feira, 14 de abril, a partir das 23h00, na Globo.

Rubião desconfia de Joaquina (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

Rubião desconfia de Joaquina (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

Você também pode gostar