Noticia, Novelas

León, gato protagonista de O Sétimo Guardião, é recompensado por cenas

Animais de estimação costumam encantar os telespectadores. Por isso, esta fórmula será utilizada em O Sétimo Guardião, nova novela das 21h, de Aguinaldo Silva, que substituirá Segundo Sol. A principal estrela da trama será o gato preto León.

León será interpretado por quatro gatos da raça Bombaim, que foram importados dos Estados Unidos. Estes felinos são conhecidos por ter os pelos mais curtos, olhos grandes e arredondados, foram adestrados no Brasil e ganham algumas recompensas após gravar as cenas corretamente.

Por conta dos efeitos especiais que serão usados em algumas cenas, não foi possível usar gatos vira-lata. Era necessário que os animais tivessem os pelos curtos para não atrapalhar o chrome key, a técnica de efeito visual que permite o editor colocar uma imagem sobre um fundo neutro.

Veja também:

Os petiscos são o único recurso usado para motivar os animais em cena. “Somos contra o uso de qualquer tipo de substância ou procedimento que seja contrário ao bem-estar animal. Isso também faz parte do sucesso das gravações. Recebo o roteiro das cenas e treino as cenas específicas com muito reforço positivo. Nenhum animal faz nada por imposição, é muita parceria envolvida”, explica Anderson Gonsales, adestrador do gato de O Sétimo Guardião.

O segredo de tudo são os agrados que eles recebem quando trabalham bem. “Todas as cenas são muito bem treinadas antes. É como se fosse um ator decorando o texto. E a cada comando bem executado eles recebem uma recompensa, chamamos de reforço positivo. Damos qualquer coisa que o animal goste muito, o importante é achar a motivação de cada animal e trabalhar em cima disso. Pode ser desde a simples ração até algum brinquedo específico”, conta Anderson.

Marina Ruy Barbosa e seu companheiro de cena, o gato Léon, em O Sétimo Guardião (Foto: Reprodução)

Marina Ruy Barbosa e seu companheiro de cena, o gato Léon, em O Sétimo Guardião (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar