Celebridades

Justiça convoca Neymar para prestar depoimento sobre sua contratação feita pelo Barcelona

A Justiça da Espanha convocou mais uma vez, o jogador Neymar e o seu pai Josep Bartomeu, para prestar esclarecimentos a respeito da compra do jogador pelo Barcelona. Além disso, a Justiça chamou Sandro Rosell que era presidente do clube na época. Os convocados pela Justiça deveram comparecer no próximo dia 2 de fevereiro. Pessoas do Santos também foram chamadas.

O pedido foi feito pelo juiz José de la Mata, do Supremo Tribunal da Espanha. Vale lembrar que toda essa polêmica em torno da compra do jogador, se deu após um grupo de investidores que possuíam parte dos direitos econômicos do jogador, alegarem ter sido lesados financeiramente por conta desse processo de compra do atleta.

Os números dão conta de que Neymar foi vendido ao Barcelona por algo em torno de R$ 72,5 milhões. Desse valor, os investidores ficaram com 40% do total. No entanto, esse grupo alega que no final das operações, o valor chegou a R$ 379,2 milhões. Esse valor cresceu por conta de acordos comerciais, pagamento de luvas, comissões e outros. Por isso eles alegam que tem direito sob esse valor também.

(Neymar continua sob a mira da Justiça espanhola)
(Neymar continua sob a mira da Justiça espanhola)