Celebridades

Justiça condena baixista do “Cidade Negra” por violência contra a mulher

O baixista Bino Faria foi condenado há algum tempo, acusado  de agredir fisicamente e psicologicamente a sua ex-mulher, Marcele Simeão, com quem foi casado por longos 17 anos, gerando duas filhas nesse casamento. A princípio, sabe-se que o casamento dos dois chegou ao fim em 2014 e desde então a moça lutava na justiça para garantir que ele pagasse pelos seus crimes.

“Foram 17 anos de agressões físicas, psicológicas e patrimoniais. Eu espero que o meu depoimento possa auxiliar principalmente na prevenção de casos como o meu. O meu desejo é que outras mulheres e suas famílias não carreguem as mesmas marcas de violência”, relatou Marcele em uma rede social, deixando claro que a justiça acabou sendo feita.

Veja também:

Bino foi condenado a dois anos de serviços comunitários, com uma carga de 7 horas semanais. O baixista ainda terá que aparecer na Justiça todos os meses durante um ano, sendo que no segundo ano ele aparecerá uma vez a cada dois meses. No final das contas, a advogada de Marcele acredita que o resultado foi importante e resultou em uma vitória para a mulher.

Bino foi condenado pela Justiça (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar