Celebridades

José Mayer contrata empresa para tentar amenizar escândalo

O galã das novelas está se vendo com a carreira destruída após o escândalo em que se envolveu diante das denúncias de assédio. Porém, sua preocupação com tudo isto é impossível de se esconder, e a prova surgiu nos últimos dias com um pedido de socorro.

De acordo com o jornal “Extra”, José Mayer pediu ajuda a uma empresa especializada em assessorar grandes artistas no Brasil. A intenção é amenizar a carga árdua que ele terá de suportar após o bombardeio que vem sofrendo, e evitar que sua carreira não sofra danos tão severos.

A primeira atitude da empresa contratada pelo ator foi publicar uma carta escrita por ele, pedindo desculpas por ter protagonizado o assédio contra a figurinista. Esta é a primeira vez em seus 40 anos de trabalhos seus entre o teatro e TV que ele contrata uma assessoria, provando o quão grave é a sua situação.

José Mayer pode ser preso

Como já noticiamos anteriormente, na última semana o ator José Mayer se envolveu em uma grande polêmica após ser acusado por uma figurinista assistente da Globo, de assédio sexual. O assédio teria acontecido durante as gravações da novela “A Lei do Amor”, que chegou ao fim na tela da emissora carioca justamente no dia em que a acusação veio à tona.

Veja também:

A responsável pela acusação é Susllem Meneguzzi Tonani, o seu relato foi publicado no blog #AgoraÉQueSãoElas, do jornal Folha de São Paulo.Ela relatou que o ator começou com elogios “simples” e com o passar do tempo eles foram ficando mais pesados. “Fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho”, foi uma das frases ditas pelo ator.

Ainda de acordo com a figurinista, em fevereiro foi quando o ator chegou ao limite pegando em partes íntimas da mulher. De acordo com ela, as mulheres que presenciaram a cena riram na hora do acontecimento. Nesta terça, 04 de abril, o ator assumiu ter cometido o assédio contra a figurinista.

De acordo com o advogado trabalhista Aparecido Inácio Ferrari de Medeiros, em entrevista ao Veja.com, a atitude de José Mayer em admitir o erro é correta, porém isso não tira a responsabilidade de um processo futuro. Ele falou também que a Globo agiu de forma correta: “Isso se chama responsabilidade solidária do empregador, ou seja, a Globo é responsável pela conduta do ator, uma vez que o contratou”, afirmou ele. Conforme a lei, o ator poderá ser condenado de um ano a dois anos de prisão.

José Mayer interpretava Tião em “A Lei do Amor”. (Imagem: Divulgação)

Você também pode gostar