Celebridades

José Mayer confirma assédio praticado em funcionária da Globo

Após ser acusado por uma funcionária da TV Globo de tê-la assediado dentro da emissora e ver sua imagem sendo manchada por demais artistas da própria casa, que repudiaram a atitude do mesmo, eis que o galã global veio à público, desta vez, através de uma carta na qual ele confirma o tal assédio praticado na figurinista Susllem Meneguzzi Tonani.

Confira na íntegra o pronunciamento do ator José Mayer acerca do assunto, divulgado pela revista “Veja”.

“Carta aberta aos meus colegas e a todos, mas principalmente aos que agem e pensam como eu agi e pensava:

Eu errei.

Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava.

A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora.

Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas. Sou responsável pelo que faço.

Tenho amigas, tenho mulher e filha, e asseguro que de forma alguma tenho a intenção de tratar qualquer mulher com desrespeito; não me sinto superior a ninguém, não sou.

Tristemente, sou sim fruto de uma geração que aprendeu, erradamente, que atitudes machistas, invasivas e abusivas podem ser disfarçadas de brincadeiras ou piadas. Não podem. Não são.

Aprendi nos últimos dias o que levei 60 anos sem aprender. O mundo mudou. E isso é bom. Eu preciso e quero mudar junto com ele.

Este é o meu exercício. Este é o meu compromisso. Isso é o que eu aprendi.

Veja também:

A única coisa que posso pedir a Susllen, às minhas colegas e a toda a sociedade é o entendimento deste meu movimento de mudança.

Espero que este meu reconhecimento público sirva para alertar a tantas pessoas da mesma geração que eu, aos que pensavam da mesma forma que eu, aos que agiam da mesma forma que eu, que os leve a refletir e os incentive também a mudar.

Eu estou vivendo a dolorosa necessidade desta mudança. Dolorosa, mas necessária.

O que posso assegurar é que o José Mayer, homem, ator, pai, filho, marido, colega que surge hoje é, sem dúvida, muito melhor.

José Mayer”

Vale ainda lembrar que na semana passada Mayer, durante entrevista para o jornal “Folha de São Paulo”, negou qualquer tipo de envolvimento com a funcionária. “Respeito muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho e peço a todos que não misturem ficção com realidade […] As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra, não são minhas! Nesses 49 anos trabalhando como ator sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo”, assegurou.

José Mayer confessa em carta que assediou funcionária (Foto: TV Globo)

Funcionárias da Globo fazem campanha contra José Mayer

Parece que ainda vai dar muito o que falar a polêmica envolvendo o galã das novelas da Globo. Iniciou-se nesta segunda-feira, 03 de abril, uma campanha nos bastidores da emissora em apoio a figurinista que denunciou o assédio que sofria de José Mayer.

Com camisas vendidas por R$ 22 estampando a frase “Mexeu com uma, mexeu com todas“, diversas funcionárias estiveram demonstrando apoio ao movimento que está publicizando ainda mais o escândalo vivido nos bastidores das gravações de “A Lei do Amor”.

A atitude está recebendo total apoio da direção da Globo. Em uma nota enviada às funcionárias, o diretor-geral Carlos Henrique Schroder se mostrou sensibilizado e a favor do movimento. O próprio comunicou aos demais diretores da casa de que as funcionárias podem continuarem externando a revolta contra o caso de assédio de Mayer.

A atitude está recebendo total apoio da direção da Globo. Em uma nota enviada às funcionárias, o diretor-geral Carlos Henrique Schroder se mostrou sensibilizado e a favor do movimento. O próprio comunicou aos demais diretores da casa de que as funcionárias podem continuar externando a revolta contra o caso de assédio de Mayer.

Cissa Guimarães ao lado de funcionárias da Globo nos bastidores do “Mais Você”. (Imagem: Divulgação)

Você também pode gostar