Emissoras

Jornalismo da Band teve surto de ódio por não poder exibir a chegada dos caixões à arena da Chapecoense

A situação da Band está cada vez mais estranha. Isso porque, o canal tem visto o fator externo influenciando em cheio na sua grade, lhe privando de fazer aquilo que bem quis. À exemplo do que está acontecendo, ao longo da semana passada, com o desastre da Chapecoense, a emissora fez uma excelente cobertura dos fatos. No entanto, sábado era para ser um dia onde o jornalismo deveria estar mais atuante.

Isso acontece porque foi neste dia que os corpos dos jogadores chegaram a Chapecó-SC. A Band conseguiu fazer alguns flashes. No entanto, no momento em que os corpos começaram a chegar na Arena Condá, o jornalismo da emissora queria interromper a programação, mas foi impedido por ninguém mais, ninguém menos que Silas Malafaia.

Veja também:

Segundo informações do colunista Flávio Ricco, a Band foi impedida de interromper o programa religioso e de ultra importância de Silas Malafaia. No canal, os jornalistas esmurraram a mesa de raiva, por não conseguir oferecer um trabalho de maior qualidade, que nesse caso, acabou ficando comprometido por conta dos contratos entre Band e Igrejas.

Por conta de igreja, jornalismo da Band fracassou na cobertura (Foto: Reprodução/Internet)

Por conta de igreja, jornalismo da Band fracassou na cobertura (Foto: Reprodução/Internet)

Você também pode gostar