Audiência da TV, Noticia

Jornal da Record sobe no Ibope e cresce em popularidade com o público feminino, diz colunista

Segundo informações do colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o Jornal da Record vem se destacando bastante, se comparado ao primeiro semestre do ano passado. No Ibope nacional, o telejornal teve um crescimento de 28%, já na Grande São Paulo obteve 22% e 36% no Rio de Janeiro.

De acordo com dados da Kantar Ibope Media, obtidos pela coluna, indicam que o principal telejornal da emissora da Barra Funda se beneficiou nos últimos meses das mudanças de conteúdo, formato e horário que fez. Atualmente, o JR vai para o ar por volta das 21h45, horário que as concorrentes exibem novelas.

Além disso, as mudanças no formato de apresentação e no conteúdo, de permanecer mais “ao vivo” do que longas matérias gravadas, está funcionando. No primeiro semestre de 2018, a média do jornal no Painel Nacional de Televisão (nas 15 maiores regiões metropolitanas do país) foi de 6,4 pontos. Este ano, este índice foi para 8,2 pontos. Cada ponto equivale por cerca de 254 mil domicílios sintonizados.

Veja também:

Mais um crescimento foi o de agradar mais o público feminino, já que cerca de 58% da audiência hoje é formado por mulheres. Dois anos atrás essa média estava em 52%. Os telejornais concorrentes tem um público masculino bem maior. Das maiores praças, no Brasil, SP e Rio, esta última é onde o público do Jornal da Record mais cresceu, de 6,4 pontos em 2018 passou para 8,7 pontos (+36%). Em São Paulo, foi de 6,6 pontos para 8,1 pontos. No Rio o ponto vale por cerca de 46,1 mil domicílios. Em SP, 73 mil.

Celso Freitas e Adriana Araújo, ancoras do Jornal da Record (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar