Celebridades

Jô Soares repercute ao defender José de Abreu e criticar intolerância política

Durante uma declaração emocionado, Jô Soares aproveitou do espaço de seu talk show na madrugada desta quarta-feira (27) para esta quinta-feira (28) e repercutiu. Com muitos reprovando sua atitude, ele foi a público se envolver na polêmica de José de Abreu e o episódio da “cusparada” que aconteceu após o ator ser ofendido por um grupo de pessoas em um restaurante que não teriam compactuado com suas ideologias políticas, estas que estão a favor da presidente Dilma e do PT.

Durante o quadro “Meninas do Jô”, o apresentador defendeu: “Me espanta cada vez mais o ambiente de impaciência que o Brasil está vivendo. Esse episódio que aconteceu com o José de Abreu é constrangedor. Um cidadão não pode sair com sua mulher para jantar que é obrigado a ouvir insultos terríveis. Disseram horrores sobre a mulher dele. A reação dele foi levantar e dar uma cusparada no casal, que também é uma reação movida por um ‘não aguentar mais’“.

A pessoa não pode ter uma opinião ou tendência política que é condenada. Isto está ficando igual ao comportamento de alguns deputados no Congresso, que também é lamentável“, completou Jô que logo depois citou sobre a mesma situação passada por Chico Buarque e chorou no ar.

(José de Abreu e Jô Soares são grandes amigos)
(José de Abreu e Jô Soares são grandes amigos)