Jair Bolsonaro alavanca audiência do “Pânico no Rádio”

O deputado federal foi o convidado do “Pânico no Rádio”, exibido pela rádio Jovem Pan FM, desta sexta-feira, dia 8 de julho, e fez a atração bater record de acessos no YouTube, onde o programa é transmitido ao vivo. Sempre polêmico, Jair Bolsonaro, que pretende se candidatar à presidência da República, manteve sua posição em relação à afirmações anteriores que causaram indignação nas pessoas.

“O erro da Ditadura foi torturar e não matar”, reforçou uma de suas frases mais polêmicas. Não pense que ele se arrepende das coisas que já disse, isto porque, de acordo com o próprio Bolsonaro, não existe nenhum sentimento de arrependimento. Mesmo sendo pressionado pelos integrantes do programa, o parlamentar evitou falar a respeito de qual seria o seu tratamento se tivesse um filho gay.

A participação de uma das pessoas mais polêmicas do Brasil rendeu bastante audiência ao “Pânico”. Durante a transmissão em tempo real no canal do Youtube, o programa teve pico de 30 mil espectadores simultâneos, o que é a maior audiência da atração na plataforma. Para se ter uma ideia, na semana passada durante a discussão do Gregório Duvivier com o Marco Feliciano a transmissão alcançou apenas 8 mil pessoas.

O deputado participou do "Pânico no Rádio" (Foto: Reprodução/YouTube)
O deputado participou do “Pânico no Rádio” (Foto: Reprodução/YouTube)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários