Investigação revela que “erro grosseiro” derrubou helicóptero da Record em 2010

Mês que vem completa sete anos que uma aeronave da Record despencou em pleno o Jockey Club de São Paulo, mas só agora é que foi revelado o motivo da causa da queda, que na verdade, não foi apenas uma e sim algumas. Segundo informações do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), um erro grosseiro, associado a falta de responsabilidade com a aeronave foram cruciais para a sua derrubada.

A investigação notou que algumas peças do rotor de cauda da aeronave foram instaladas de forma totalmente incorreta. Em um certo trecho do parecer divulgado, a Cenipa garante que o erro é tão grosseiro, que a sua percepção em uma inspeção usual seria impossível de não ter sido notado, aí é que entra todo um outro problema, que é a questão da manutenção da aeronave.

A Helibrás, que cuidava da aeronave, não cumpria o cronograma de vistorias, acumulando para fazer tudo de uma vez. Exatamente por isso, manutenções de 7 dias e as de 25, 30 e 50 horas foram feitas todas no dia em que fizeram a de 100 horas, o que é extremamente grave, já que se fosse feito da forma correta, as chances de se perceber o erro aumentariam drasticamente. No final das contas, o acidente matou o piloto da aeronave  Rafael Delgado e feriu o cinegrafista  Alexandre da Silva Moura, o “Borracha”. Vale dizer que a queda foi registrada pelo helicóptero da Globo, que posou imediatamente para prestar auxílio as vítimas.

Helicóptero da Record caiu em 2010 (Foto: Reprodução)
Curtidas
Jean Santos
É extremamente prazeroso levar informação com credibilidade, imparcialidade e respeito aos nossos leitores. Me sinto honrado em fazer parte do Famosos na Web, a sua fonte segura de informação. E-mail: [email protected], me mande um e-mail, ou se preferir me ligue 71 98536-6204.

Comentários