Celebridades, Globo, Onde Nascem os Fortes

Intérprete de Shakira do Sertão, Jesuíta Barbosa fala sobre preconceito

A sofrência de Maria (Alice Wegmann) ao longo dos quase dois meses de Onde Nascem Os Fortes enfim abriu espaço para Ramirinho (Jesuíta Barbosa), o artista que se apresenta vestido de mulher. Ao “sair do armário” para revelar ao pai a sua verdadeira face, o personagem provoca homofóbicos sem apelar para o sexo. Shakira do Sertão coloca o dedo na ferida de quem acha que tem lugar onde “isso não existe”.

O Brasil inteiro tem déficit de aceitação e respeito à ‘travestilidade’, mas São Paulo tem mais aceitação e abertura. É o lugar onde as pessoas se vestem do jeito que querem. Já o sertão ainda segura esse patriarcado. É importante mostrar para eles que isso existe”, explica Jesuíta Barbosa.

Ele tem um pai que é o juiz do sertão, um cara violento. É uma relação difícil. A curva aparece quando ele diz ‘não’ e vai ocupar outro corpo. Esse patriarcado imposto começa a ruir. O que acontece não é só para a Shakira, mas para quem está perto e é obrigado a entender que as coisas nem sempre são como a gente quer“, declara o ator. Ramiro descobriu nesta semana a vida dupla que o filho levava.

Veja também:

Apesar de Barbosa rejeitar rótulos para o seu personagem, Ramirinho já disse em cena que é gay e deve terminar sua trajetória com Valdir (Pedro Fasanaro), o recepcionista do hotel. A cantora do Bodão Night Clube chama a atenção desde o primeiro capítulo.

Jesuíta Barbosa em Onde Nascem os Fortes (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar