Internautas criticam pregação de padre

O padre Fabio de Melo que é muito querido nas redes sociais, está tendo uma leve ‘dor de cabeça’. O motivo, é que uma pregação feita pelo religioso em 2007 está causando muito burburinho na internet.

Existe um vídeo, que aparece ele “culpando” as vítimas pelas agressões domésticas. Segundo a interpretação dos internautas, a opinião do padre soa como ”machista”. Ele disse que o “agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza”.

“Não não saímos por aí com as plaquinhas: ‘não abuse de mim’, ‘me respeite’. Porque essa placa não está escrita em palavras, ela está escrita nos seus olhos. É você com seu jeito de olhar, com seu jeito de ser gente. É o caráter que está exposto no seu rosto que vai dizer ao outro o que ele pode fazer com você ou não. Nós, no momento em que nos construímos como pessoas é que sinalizamos nosso território. Caso contrário, as pessoas virão, acharão que nós podemos tudo e farão tudo que quiserem conosco mesmo”, disse no sermão.

 

 

E o padre continuou : “Eu sempre digo às mulheres que são agredidas fisicamente pelos seus maridos: no dia em que ela recebe a primeira agressão, ela que vai determinar para ele se ele vai ter o direito de agredi-la a vida inteira ou não. É o jeito como ela olha pra ele. Não é nenhuma palavra, nenhum grito que vai dizer ‘não me bata’, mas é o seu jeito de ser mulher. O agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza”.

Com isso os questionamentos começaram. No final, ele pediu perdão e disse que sua intenção nunca foi dizer que a vítima tinha culpa de ser agredida.

Explicações do religioso (Foto: Reprodução/ Twitter)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários