Novelas

“Império”: José Alfredo ameaça Enrico com facão

No capítulo previsto para ir ao ar no dia 18 de novembro, o filho de Cláudio (José Mayer) se revoltará ao ler o novo letreiro de seu restaurante. “Vicente é nome de oficina, não de restaurante.” Logo depois, ele surpreenderá a todos aparecendo na inauguração do novo espaço. “Não é porque não recebi convite que me senti desconvidado. Então, se vocês me dão licença…”, dirá para Isis (Marina Ruy Barbosa) e Antonio, que estarão na porta do local.

Enrico forçará sua entrada e dará de cara com sua família e a ex-noiva. “Já sei que você vai dizer que eu não sou bem-vindo”, afirmará ao pai. “Depende do que veio fazer aqui. Só isso”, questionará o cerimonialista, que ouvirá do filho: “Dizer que você fez a maior sacanagem comigo. Me despedir, tudo bem, não tem mais jeito da gente continuar trabalhando juntos. Mas tirar meu nome da porta e botar o do cozinheiro, ainda mais por cima um nordestino…”.

Cláudio chamará Enrico de preconceituoso e explicará sua decisão: “Só fiz o que era justo: dei ao restaurante o nome do novo chef, sim, pois não havia razão pra manter o seu, já que, se dependesse de mim, você nunca mais botava os pés aqui”.

O rapaz prometerá que não está lá para dar escândalo e irá até a cozinha falar com Vicente. No caminho, ele abordará Clara. “Você continua linda… E eu ainda te amo!”, dirá. Ao chegar na cozinha ele provará a comida, dará os parabéns ao novo chef e sairá pela porta dos fundos.

Do lado de fora, Enrico vai chorar.

José Alfredo ameaça Enrico

Em cena do dia 22 de novembro, o chef de cozinha terá um embate com José Alfredo, que o verá ensinando os cozinheiros do bar de Manoel (Jackson Antunes). Saiba como será a discussão:

— Pensei que nunca mais ia ter o desprazer de lhe ver na minha frente de novo! E eis você aqui, no bar do meu amigo… parece até que me persegue -, cutucará o empresário.

— Comendador?!… O senhor por aqui?

— Você sabe muito bem que este bar é do meu compadre. Quem se espanta em te ver aqui sou eu.

Enrico não recuará diante da agressão.

— O senhor não pode entrar aqui na cozinha, e ainda mais ir dando ordens…

— Faço o que eu quiser! E devia era arrancar seus gorgomilos pelo que fez com Clara. Ela não merecia aquilo. Bancou o cachorro com minha filha!

— Nunca passou pela minha cabeça fazer mal a Maria Clara! Eu queria me casar com ela, sim. E ainda sou apaixonado por sua filha! Tudo que eu queria era que ela concordasse comigo em desistir da festa, fazer um casamento só nosso, sem convidados… Mas ela não quis.

— Porque saiu a mim, tem a raça e a coragem dos fortes, como seu pai também. Diferente de você, que não passa de um sujeito fraco, mesquinho, covarde, mimado, preconceituoso…

Quando a clima esquentar e José Alfredo pegar um facão em tom ameaçador, Manoel e Antoninho (Roberto Bonfim) entrarão na cozinha e colocarão panos quentes na confusão. O comendador irá embora revoltado e sem apetite.