Horror ladrão busca filho para a mãe e a quando criança sobe nas costas dela para brincar de cavalinho leva tiro na cabeça

Uma modelo de 27 anos foi baleada na cabeça durante um assalto à sua casa no Setor Bairro Feliz, em Goiânia, na noite de quinta-feira (27). Ela está internada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). A unidade informou que o estado de saúde da mulher é regular, mas não precisou a gravidade do caso.

A ação dos criminosos foi registrada pela câmera de segurança da residência. No vídeo, é possível ver que no momento do disparo a vítima estava deitada no chão, com o  filho sobre suas costas (veja vídeo). O bebê não ficou ferido.

 Os três suspeitos de cometer o crime fugiram logo após balear a modelo. Mas um deles acabou esquecendo o celular durante a fuga e teve o endereço residencial localizado pela Polícia Militar. O trio estava no local, mas só um foi preso. Os outros dois suspeitos conseguiram fugir.

“Foi feita uma operação e, durante o adentramento à casa [do  homem detido], eles saltaram o muro. Policiais que estavam de fora conseguiram prender um deles”, relata o capitão da PM Pedro Henrique Batista.

Segundo a PM, o homem preso foi encaminhado à Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic), onde confessou ter sido o autor do disparo que atingiu a mulher.

G1

 

O assalto
De acordo com informações da Polícia Militar, o assalto aconteceu por volta de 21h. A família saía da residência quando foi abordada por três homens.

 

“Um ficou do lado de fora em uma Parati de cor preta e dois entraram. Eles fizeram dois casais e um bebê reféns e os levaram para um cômodo da residência. Enquanto um vigiava, o outro recolhia objetos de valor”, explica o capitão.

 

Para a polícia, o suspeito preso foi quem atirou na modelo. “O autor aponta a arma várias vezes em direção às vítimas e em uma dessas ocasiões ele dispara”, afirma Batista.

 

Após o crime, parentes da vítima acionaram a PM e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A modelo baleada foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Urgências de Goiânia. A família não quis comentar o assunto.

Comentários

comentar