Noticia, Novelas, O Outro Lado do Paraíso

Hoje em O Outro Lado do Paraíso: Clara se desespera e foge para não responder por assassinato

No capítulo de O Outro Lado do Paraíso, que será exibido na noite desta terça-feira, 09 de janeiro, você verá que Clara (Bianca Bin) ficará bastante perturbada diante da morte de Laerte (Raphael Vianna), e acabará sendo vista como culpada pelo crime, muito por conta das circunstâncias. Ao ir conversar com Duda (Glória Pires), ela encontrará o homem caído no chão, sangrando bastante, com uma tesoura cravada no corpo. Sophia foi quem o assassinou. Tentando ajudar, Clara tira a tesoura do homem, é quando Duda chega e se assusta com o que vê.

Achando que Clara o matou, a mocinha logo conta toda a verdade para a dona do bordel, que acreditará de imediato e não cobrará muitas perguntas, pedindo apenas que ela saia dali imediatamente para evitar se presa. Ao chegar em casa, em conversa com Patrick (Thiago Fragoso), desesperada e tensa, ela saberá que Duda assumiu o crime e foi presa. Nesse momento ela terá uma crise de consciência e tentará voltar para assumir a autoria do crime, mas será impedida pelo seu defensor, que afirmará que vai cuidar do caso para que a mulher deixe a prisão o mais rápido possível.

Duda será inocentada

Os próximos capítulos da novela O Outro Lado do Paraíso prometem trazer grandes emoções. Duda (Glória Pires) vai ser inocentada da acusação de ter assassinado Laerte (Rafael Vianna). A dona do bordel, que descobriu ser mãe de Clara (Bianca Bin) vai assumir a culpa pela morte de Renan (Marcello Novaes).

Veja também:

Adriana, no entanto, revelará que o empresário é inocente. Tudo será feito diante de todo o júri. “Senhores, a promotoria tentou passar a imagem da acusada como assassina contumaz. Afirma que matou o primeiro amante, mas ele está vivo”, dirá ela, que continuará com sua explanação na frente de todos presentes.

“Que a morte do primeiro seria equivalente a uma prova do assassinato do segundo. Mas desse último só há provas circunstanciais. Nem a tesoura, considerada a arma do crime, tem as impressões digitais da ré. O que se viu aqui foi uma comédia montada pelo senhor promotor para incriminar uma inocente”, alegará ela.

Clara vai atrás de Josafá em seu casebre (Foto: TV Globo)

Clara vai fugir do local (Foto: TV Globo)

Você também pode gostar