Emissoras, Noticia, TV

Jornalista da GloboNews faz críticas durante reunião; Emissora decide adiar estreia de novo telejornal

Uma reunião de última hora, ocorrida nesta quarta-feira (11) na sede da GloboNews com a equipe de jornalismo da emissora paga, acabou terminando de forma bastante tensa entre alguns profissionais da casa.

O fato é que, segundo informações divulgadas pelo colunista Ricardo Feltrin, a jornalista Miriam Leitão criticou colegas de economia e acadêmicos que trabalham no canal de notícias por achar que eles estão tendo muito espaço em frente a telinha para falar sobre coisas que ela considera não tão importantes para o telespectador.

Na ocasião, os profissionais estavam resolvendo o problema da formação do novo núcleo de economia da emissora, quando Miriam deu sua opinião sobre, supondo que “sua forma de apresentar e discutir economia é mais didática e superior à de economistas e acadêmicos da casa”.

No mais, Feltrin destaca que todas as críticas da jornalista foram destinadas a equipe do programa Conta Corrente, que, em breve, será retirado da grade e a mesma deslocada para o novo telejornal que será ancorado por José Roberto Burnier nas manhãs, com três horas de duração.

Veja também:

E por falar no novo telejornal, a emissora de TV por assinatura pertencente à Globosat decidiu adiá-lo para o final deste mês – antes com estreia marcada para a próxima segunda-feira (16) – a pedido de Burnier, o qual estava na Rússia cobrindo a Copa do Mundo.

O repórter e jornalista, então, solicitou ao canal de notícias 10 dias de folga pós-mundial, o que deixou vários profissionais envolvidos com o novo projeto o tanto quanto irritados, já que não ficaram sabendo do tal adiamento. Aliás, é válido destacar também que “a equipe já está toda mobilizada e alguns profissionais já vinham entrando de madrugada para a preparação do produto”.

José Roberto Burnier apresentará novo telejornal na GloboNews (Foto: Reprodução)

José Roberto Burnier apresentará novo telejornal na GloboNews (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar