Celebridades

Glória Perez comemora aceitação de Ivan e revela estratégia ao produzir a história

Em seus momentos finais, a novela “A Força do Querer” só tem o que comemorar. A trama recuperou parte do público perdida nos últimos anos, além de ser um sucesso em repercussão e tratar temas polêmicos, entre eles a transição de Ivana (Carol Duarte) para Ivan.

Em uma recente entrevista ao jornal “Extra”, a veterana da dramaturgia comemorou aceitação de Ivan e revelou a estratégia usada para produzir a história: “Só vou relaxar mesmo quando o último capítulo tiver ido ao ar. Mas me sinto recompensada com a aceitação e o acolhimento ao trans (Ivan, papel de Carol Duarte).

“Nem pensei que não pudesse dar certo, não tinha um plano B porque já tinha feito algo parecido em ‘Carmem’ (1987). Eu apresentei o doutor Junot (Maurice Vaneau) como um médico competente, excelente pai, o melhor amigo que alguém poderia ter. Quando todo mundo estava apaixonado por ele, trouxe a questão de ele ser gay. E todo mundo aceitou lindamente. Primeiro, eu tinha que criar a empatia do público com Ivana. Se ela tivesse gritado que era trans no primeiro capítulo, aí, sim, podia ter dado errado”.

Veja também:

Em outro trecho, Glória completou: “Sinto uma felicidade muito grande das pessoas com a novela. Tudo deu certo, não teve barriga, foi uma caminhada leve, agradável mesmo. Estamos cansados, mas não estamos exaustos, sabe? Foi um momento muito feliz. Gosto quando dizem que minha melhor novela é a última. Mas ‘O clone’, ‘América’ e ‘Caminho das Índias’ também foram muito populares. Não dá para eu dizer que esta foi melhor”.

“A Força do Querer” chega ao fim essa semana (Imagem: Divulgação/Globo)

Você também pode gostar