Globo, Noticia, Novelas, O Outro Lado do Paraíso

Globo vai parar na Polícia Federal após acusações contra O Outro Lado do Paraíso

A Globo novamente se meteu em algumas controvérsias por conta de O Outro Lado do Paraíso. Após sido alvo de acusação de Psicólogos, Psiquiatras e Coachings, a trama se envolveu com Agentes Penitenciários, do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo.

Tudo começou exatamente na semana passada, quando o órgão começou com uma representação do Ministério Público Federal em São Paulo (MPF), através da Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, fazendo uma denúncia contra a novela protagonizada por Bianca Bin, que encarna a milionária e vingativa Clara.

E, no início deste mês de março, o diretor de Regionais do Sindasp-SP, Gilmar Pereira, fez um Boletim de Ocorrência na Polícia Federal contra o canal da família Marinho, em virtude da cena chocante transmitida no capítulo do dia 21 de fevereiro, em que o pedófilo Vinícius (Flávio Tolezani) foi morto dentro da cadeia por presos.

Veja também:

Na exibição da sequência, dava a entender que os agentes penitenciários da prisão teriam combinado o assassinato do delegado corrupto denunciado pela mocinha, como se tivessem desejado a morte do mesmo. Através de uma nota, o representante do Sindasp-SP demonstrou sua indignação contra a cena que foi ovacionada pelo público nas redes sociais.

Morte de Vinícius em OOLDP (Foto: Reprodução/Globo)

Morte de Vinícius em OOLDP (Foto: Reprodução/Globo)

Você também pode gostar