Noticia, Programas

Globo tem dificuldades de vender patrocínios para o BBB19

A décima nona edição do Big Brother Brasil, que tem estreia prevista para 15 de janeiro, poderá ter algumas faltas com relação aos seus patrocínios. De acordo com o site NaTelinha, a Globo está encontrando dificuldades em fechar com seus colaboradores. Até o presente momento, a emissora só vendeu apenas quatro das seis cotas que são comercializadas normalmente para o reality show.

Nesta edição do programa, já estão acertados: Cerveja Itaipava, Johnson & Johnson, Burger King e Faculdades Anhanguera. No BBB18, que aconteceu neste ano, as marcas de destaque foram Guaraná Antarctica, Sadia, Cerveja Itaipava, Nestlé, PagSeguro e Walmart. Ou seja, houve uma grande renovação para 2019. Sendo assim, houve apenas uma renovação.

Além disso, a Globo aumentou os valores de patrocínio, requerido cerca de R$ 38 milhões para cada cota máster. Houve um aumento de R$ 3 milhões em relação à última edição. Faltando quinze dias para o BBB19, é difícil acreditar que as cotas restantes sejam vendidas.

Veja também:

Faltando apenas 15 dias para a estreia do “BBB19”, fontes no mercado acreditam que dificilmente as outras duas cotas sejam vendidas pela emissora, embora essa possibilidade ainda não esteja descartada. Procurada, a Globo afirma que não comenta sobre projetos em andamento.

Tiago Leifert comanda o “BBB” (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar