Novelas

Globo reedita “Senhora do Destino” e exclui cenas quentes gays

Nada de homossexualismo no “Vale a Pena Ver de Novo”. A ordem surgiu do alto escalão da Globo, que fez de tudo para deixar a edição de “Senhora do Destino” possível de assistir para todos os públicos, inclusive os mais conservadores.

Segundo informa o colunista Fernando Oliveira, na segunda reprise da novela não serão exibidas nenhuma das cenas do romance entre as personagens Jennifer (Bárbara Borges) e Eleonora (Mylla Christie), que vivem um relacionamento gay na história e na versão original, exibida entre 2004 e 2005, protagonizavam momentos quentes.

A explicação se dá por conta da readequação para que a trama seja encaixada na classificação de não recomendado para menores de 10 anos. Caso evitasse de editar, teria que lidar com a classificação indicativa de 12 anos.

“Sessão da Tarde” permanece na grade

Para quem achava que a Globo iria cancelar a “Sessão da Tarde” na semana que vem está totalmente enganado. Muito foi especulado de que a sessão do canal carioca seria substituída pela primeira semana de “Senhora do Destino”, que fará dobradinha com os últimos capítulos de “Cheias de Charme”.

Veja também:

Mas, o canal divulgou a grade de programação do dia 13 à 16 de março, e a “Sessão da Tarde” será exibida em seu horário habitual, a partir das 15h, e entregará para a trama de Aguinaldo Silva, na faixa das 16h20 às 16h30 da tarde, fazendo com que a nova novela em cartaz do “Vale a Pena Ver de Novo” tenha duração de 30 minutos nos primeiros capítulos e entregue para “Cheias de Charme”, que entra em cena entre 16h50 e 17h.

Será uma tradição quebrada pela emissora, já que quando utiliza a tática da dobradinha, cancelando a sessão de filmes.

Casal gay de “Senhora do Destino” será apagado pela edição da Globo. (Imagem: Divulgação)

Você também pode gostar