Noticia, Séries

Globo investe milhões em suas séries nacionais e são superadas pelas produções americanas

Segundo informações do Notícias da TV, a Globo investiu R$ 150 milhões em dez séries nacionais durante os últimos dois anos para a sua plataforma de streaming, Globoplay. Porém, dados mostram que as séries americanas estão indo bem melhor. Entre outubro de 2017 e julho deste ano, The Good Doctor e The Big Bang Theory (2007-2019) foram as séries mais vistas, segundo ranking da Globo a anunciantes.

Em atividade desde 2015, o Globoplay quis concorrer com a Netflix, e investiu em séries internacionais. Começando há um ano com The Good Doctor que, segundo a emissora, é a série mais assistida da história da plataforma, à frente da comédia The Big Bang Theory (segunda colocada). Na sequência, vêm as nacionais Sob Pressão, Carcereiros e Ilha de Ferro.

Apenas a quinta colocada do ranking é original do Globoplay, sem exibição na Globo (só o primeiro episódio foi ao ar na TV aberta, para divulgação). Apesar da boa avaliação, inclusive pela imprensa estrangeira, a atração foi cancelada e só terá a segunda temporada. Fontes do NTV afirmam que a produção de um episódio de uma série da Globo custa em torno de R$ 1 milhão. Entre 2017 e 2019, dez séries nacionais foram lançadas. Quatro destas séries tem o selo “original Globoplay” (Assédio, Ilha de Ferro, Shippados e Aruanas).

Veja também:

As outras seis entraram na plataforma antes de ir ao ar na Globo (Carcereiros, Sob Pressão, Filhos da Pátria, Brasil a Bordo, Treze Dias Longe do Sol e Cine Holliúdy). Ao todo, foram produzidos 151 episódios. Além disso, The Good Doctor é a série mais maratonada do Globoplay. Comparando-se a outras, a série só fica atrás do BBB e da novela O Outro Lado do Paraíso (2017).

Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch interpretam o casal Rita e Enzo na série Shippados, do Globoplay (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar