Novelas

Globo explora caso Ana Hickmann no “Encontro” para tentar barrar “Hoje em Dia”

Sob o comando de Felipe Andreoli e Ana Furtado temporariamente, o “Encontro” desta segunda-feira (23) foi mais um programa da Globo a comentar o caso da tragédia envolvendo Ana Hickmann. A apresentadora estrela da Record sofreu uma tentativa de homicídio, mas nem por isto esteve noticiada nos telejornais da emissora carioca, que desprezou o caso apenas por se tratar de alguém da concorrência.

O fato, que gerou bastante revolta, sofreu uma represália e fez com que os programas citassem o caso em disparada vendo como o público repudiou a atitude infantil da maior emissora do país. No matinal de Fátima Bernardes, no entanto, o caso foi explorado e até mesmo um especialista de segurança esteve para analisar o grau de perigo do assassino e Daniela Mercury comentou que já passou por algo parecido com a perseguição de um fã.

Mas muita gente logo se tocou o porque que estava se prezando tanto a situação. Além do fato do público ter se revoltado, tinha também o “Hoje em Dia”, atração dos bispos que concorre no mesmo horário com eles e em que Hickmann é apresentadora, e o possível medo de que eles explorassem o caso e acabassem ficando para trás.

(Globo e Record nunca se deram bem)
(Globo e Record nunca se deram bem)