Globo estuda incluir cenas quentes em romance gay de “Liberdade, Liberdade”

Vendo o quanto está defasada a trama no que se refere a público, os globais querem colocar uma ousadia a mais nela. De acordo com o que informa a coluna do Fernando Oliveira desta quinta-feira (02), o romance gay de “Liberdade, Liberdade” terá todo tipo de proibição quebrada após um grupo da alta cúpula iniciar um profundo estudo.

Neste, foi avaliado que os papeis Caio Blat e Ricardo Pereira estão ganhando a atenção dos telespectadores com as cenas da paixão proibida vivida por ambos. Com isto, a direção em conjunto ao autor conversam constantemente como incluir cenas em que os personagens André e Coronel Tolentino mantenham relações.

Seria algo simulado, e nada muito explicito como se imagina. No entanto, mostraria a nudez de forma em que daria a entender claramente de que eles tiveram algo. Caso o fato seja concretizado, seria a primeira vez em que dois homens copulariam na TV brasileira, derrubando assim todo o paradigma em volta do simples beijo gay, que de início foi vetado e agora está liberado mais que nunca, permitindo inclusive alguns “extras”.

(Ricardo Pereira e Caio Blat protagonizam o casal gay de "Liberdade, Liberdade")
(Ricardo Pereira e Caio Blat protagonizam o casal gay de “Liberdade, Liberdade”)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.